Alpine celebra evolução na F1 2022: “Nosso desenvolvimento foi um dos melhores”

Em reposta ao GRANDE PRÊMIO, Otmar Szafnauer, chefe da Alpine, comemorou a melhora do motor Renault e celebrou também o alto ritmo de evolução e desenvolvimento da equipe francesa na temporada de 2022 da Fórmula 1

A temporada de 2022 da Alpine terminou com o melhor resultado do esquadrão francês desde 2018, quando a equipe ainda se chamava Renault. A McLaren até tentou ameaçar o time de Otmar Szafnauer, mas no final das contas o A522 se provou como o melhor carro, mesmo após sofrer com problemas de confiabilidade, e o time francês fechou o ano na quarta posição no Mundial de Construtores.

Questionado pelo GRANDE PRÊMIO durante entrevista coletiva no GP de São Paulo se acreditava que a temporada de 2022 representou um passo a frente no plano da Alpine de vencer corridas e campeonatos, Szafnauer confirmou a sensação de progresso. O dirigente romeno-americano destacou a evolução do motor Renault, ainda que a equipe precise melhorar sua confiabilidade.

“Foi. Duas coisas me vêm à mente para te dar como exemplos: um, nós estamos focados em melhorar a competitividade da unidade de potência, e isso veio com alguns problemas de confiabilidade que precisamos consertar. Uma vez que consigamos consertar isso para o ano que vem, estamos bem. Os motores estão congelados, mas conseguimos congelar um motor que é mais competitivo do que era no início do ano”, explicou Otmar.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Alpine sonha em incomodar os três primeiros em 2023 (Foto: Alpine)

O outro ponto positivo de acordo com Szafnauer é a curva de desenvolvimento da Alpine, que foi superior a das rivais. O time francês começou a temporada brigando no meio do pelotão e finalizou o ano incomodando esporadicamente as três principais equipes. Com a chegada de Pierre Gasly ao time no lugar de Fernando Alonso, Otmar crê que estará ainda mais próximo do terceiro lugar em 2023.

“E a outra coisa que eu vejo é: o lugar em que começamos a temporada e o quanto melhoramos ao longo do ano, e acho que nosso desenvolvimento foi um dos melhores. Não gosto de olhar para as outras equipes, mas se você for ver o ponto em que elas estavam no início do ano, algumas eram mais rápidas do que nós”, recordou o chefe da Alpine.

“Agora, somos significativamente mais rápidos do que elas, pelo menos na maioria das pistas. Se conseguirmos continuar assim, nessa curva de evolução e com nosso motor, dois bons pilotos, estaremos mais próximos do terceiro lugar do que estivemos esse ano”, previu Szafnauer.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.