Após manter Grosjean, chefe da Haas admite que nem fez oferta a Hülkenberg

Nico Hülkenberg conversou com a Haas, que nunca fez de fato uma proposta. A equipe americana fez uma decisão “apertada” por Romain Grosjean, que renovou o contrato e segue formando dupla com Kevin Magnussen em 2020

Nico Hülkenberg esteve no radar da Haas para 2020, mas a negociação nunca avançou para valer. De acordo com o chefe de equipe Guenther Steiner, os americanos tiveram apenas conversas com o alemão antes de optar pela renovação de Romain Grosjean, oficializada nesta quinta-feira (19).
 
De acordo com o Steiner, o grande dilema foi decidir em qual dos dois a Haas estava mais interessada. Com Grosjean também interessado em permanecer na equipe americana, as conversas foram breves. Dessa forma, nunca ficou claro até que ponto Hülkenberg estava interessado em fechar um contrato.
 
“Eu quero esclarecer uma coisa. Nós decidimos ficar com o Romain [Grosjean], mas não sei se o Nico [Hülkenberg] viria”, disse Steiner. “Falamos com ele, mas nunca fizemos uma proposta formal. Então não sei se ele aceitaria ou não, isso vocês precisam perguntar a ele”, seguiu.
Guenther Steiner e Romain Grosjean (Foto: Haas)

Hülkenberg é agente livre desde a decisão da Renault de assinar com Esteban Ocon para 2020. A temporada conturbada de Grosjean colaborou para os rumores, mas nem isso bastou para a Haas abrir mão de alguém considerado de confiança.

 
“Foi apertado, porque os dois são pilotos muito bons e eu espero que o Nico siga na F1. Eu gosto dele, é um bom piloto, mas acabamos decidindo ficar com o Romain no fim das contas. Ele já está com a equipe há quatro anos, sabemos dos seus altos e baixos. Sabemos que num dia bom ele é um piloto muito bom e ele conhece a equipe muito bem”, apontou.
 
“O grande motivo é que nosso carro esse ano não está andando como queremos, o que acaba não tendo nada a ver com os pilotos que temos agora. É o carro, temos muito consciência disso. Agora, sobre mudar o piloto, não sei se isso faria o carro melhorar. Pode ser, mas também pode ser que não, porque o novo cara não saberia como começamos. Romain foi uma parte importante em entender o que há de errado com o carro no momento, ele foi uma grande ajuda. Não queremos mais saber de coisas desconhecidas ou riscos”, encerrou.
 
Grosjean segue ao lado de Kevin Magnussen, que já tinha contrato para 2020. A Haas aparece em penúltimo no Mundial de Construtores, superando apenas a Williams.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar