Após momento constrangedor, Hamilton será convidado para ver final no camarote real de Wimbledon em 2016

Richard Lewis, diretor executivo do All England Club, reiterou o mal-entendido que envolveu Lewis Hamilton, barrado da entrada do Royal Box em Wimbledon por estar em desacordo com o código de vestimenta do exclusivo setor, e garantiu que o britânico será convidado novamente a assistir à finalíssima de Wimbledon no ano que vem

Lewis Hamilton será novamente convidado para acompanhar a partida final de Wimbledon no exclusivo Royal Box, o camarote real, no ano que vem. O bicampeão mundial de F1 teve de lidar com um momento constrangedor ao ser barrado na entrada da quadra central no último domingo (12), momentos antes da grande final entre Novak Djokovic e Roger Federer, por não estar vestido de acordo com o código de vestimenta do setor, que exige terno, gravata e sapato. Lewis vestia calça, chapéu e uma camisa floral, o que vai contra o restrito ‘dress-code’ do Royal Box.

Em entrevista ao diário britânico ‘Daily Mail’, Richard Lewis, diretor executivo do All England Club, responsável por organizar o Grand Slam de Wimbledon, lamentou o episódio e disse que Hamilton será convidado a acompanhar a final masculina do setor mais exclusivo da quadra central novamente em 2016.

Lewis Hamilton será convidado a acompanhar à final de Wimbledon no Royal Box novamente em 2016 (Foto: Instagram)

“Nós definitivamente vamos convidá-lo a voltar, e espero que ele consiga encaixar isso na sua agenda”, declarou Lewis.

“O problema foi que não tínhamos nada apropriado para ele em mãos para vestir naquele que é um lugar muito restrito”, lamentou o dirigente britânico, que falou sobre a reação tranquila de Hamilton ao ser impedido de adentrar ao setor. “Ele foi educado. Estamos muito esperançosos que ele conseguirá voltar”, falou.

O mais tradicional e antigo dentre os torneios de tênis do Grand Slam, Wimbledon é exigente com a vestimenta até mesmo dos jogadores, que só podem trajar roupas brancas durante as partidas, o que é bem diferente de outros campeonatos do circuito mundial. E o entorno da quadra, diferente da maioria dos grandes torneios ao redor do mundo, não é dotado de nenhuma placa de patrocínio.

Djokovic, atual número 1 do ranking mundial, venceu Federer por 3 sets a 1, parciais de 7/6, 6/7, 6/4 e 6/3 em quase três horas de uma grande partida, garantindo assim seu terceiro título na grama sagrada de Wimbledon.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube