Bottas culpa pneus por 5º no grid em Singapura e prevê corrida “difícil”

Valtteri Bottas até liderou o Q1 em Marina Bay, mas o Q3 trouxe um resultado consideravelmente pior: o quinto lugar no grid de largada. O finlandês lamenta não conseguir manter o bom nível quando mais precisava

Valtteri Bottas não conseguiu um bom resultado no treino de classificação deste sábado (21) em Singapura, que deu a pole position ao monegasco Charles Leclerc. Discreto, o finlandês larga apenas no quinto lugar. O #77 da Mercedes até começou bem o treino, liderando a primeira parte da clalificação em Marina Bay. Entretanto, Valtteri analisa que não conseguiu manter o mesmo desempenho nas fases seguintes da sessão.
 
“O Q1 foi bom, pela primeira vez neste final de semana, mas não pude repetir isso nas voltas seguintes”, afirmou Bottas.
Valtteri Bottas (Foto: Mercedes)

O finlandês apontou o principal fator que culminou com o resultado mediano na classificação em Singapura. “Honestamente, não fui capaz de melhorar meu tempo por conta do desgaste que tive. Simplesmente, não conseguia aquecer os pneus o suficiente”, justificou.

 
Para a corrida de domingo (22), Bottas prevê uma jornada cheia de dificuldades para conquistar um bom resultado em Marina Bay. “Será um dia difícil, com certeza. Largar nesta posição é difícil, mas vou fazer o melhor possível, tudo pode acontecer”, disse ele.
 
O GP de Singapura, 15ª etapa da temporada 2019 da Fórmula 1, tem largada marcada para às 9h10 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL. Siga a cobertura completa aqui.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar