Bottas desbanca favorito Hamilton na Áustria e marca primeira pole da F1 em 2020

Valtteri Bottas superou Lewis Hamilton e vai largar na pole-position do GP da Áustria. O hexacampeão ficou somente 0s012 atrás do companheiro de equipe, enquanto Max Verstappen e Lando Norris vão fechar a segunda fila no Red Bull Ring

A primeira pole-position da temporada 2020 do Mundial de Fórmula 1 é de Valtteri Bottas. Com direito a novo recorde do Red Bull Ring, o finlandês marcou 1min02s939 na sua primeira tentativa de volta rápida no Q3 e garantiu a posição de honra do GP da Áustria na tarde deste sábado (4). Lewis Hamilton bem que tentou, buscou tirar proveito do erro do colega de Mercedes no fim da sessão, mas passou a 0s012, ficando assim em segundo lugar no grid de largada.

Esta é a 12ª pole de Bottas na carreira, sendo a terceira na Áustria, repetindo o feito de 2017 e 2018.

Max Verstappen, vencedor do GP da Áustria nos dois últimos anos, colocou a Red Bull em terceiro lugar no grid da sua corrida de casa, mas ficou distante 0s538 do tempo de Bottas, mostrando o abismo que separa a Mercedes das demais equipes. O holandês, contudo, é o único dentre os pilotos do top-10 que vai largar com pneus médios no domingo, o que pode representar uma vantagem estratégica. Lando Norris deixou para trás os carros da Racing Point e até a Red Bull de Albon para se posicionar em quarto com a McLaren.

Albon e Sergio Pérez, da Racing Point, vão compor a terceira fila do grid. A Racing Point, que se mostrou forte nos treinos livres, ficou aquém do esperado na classificação, mas conseguiu o feito de desbancar a Ferrari. Charles Leclerc vai partir em sétimo, sendo o melhor da escuderia de Maranello. Já Sebastian Vettel… O tetracampeão foi eliminado da classificação ainda no Q2 e vai largar em 11º.

Carlos Sainz, da McLaren, sai em oitavo, enquanto Lance Stroll, da Racing Point, e Daniel Ricciardo, da Renault, completam a lista dos dez primeiros do grid de largada.

O GP da Áustria vai ter largada neste domingo a partir de 10h10 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo em tempo real.

Valtteri Bottas garantiu a primeira pole do ano na Fórmula 1 (Foto: Mercedes)

Saiba como foi a classificação do GP da Áustria de Fórmula 1

Q1: Verstappen voa e Kimi empaca

A primeira classificação da temporada foi aberta no Red Bull Ring com Nicholas Latifi, o único estreante da Fórmula 1 em 2020, puxando a fila. O canadense voltou a acelerar depois de bater no terceiro treino livre, pela manhã, dando um pouco de trabalho aos mecânicos da Williams para reparar o FW43, antes da sessão que definiu o grid de largada.

A dupla da Alfa Romeo também foi para a pista logo nos primeiros minutos. E Kimi Räikkönen, que andou mal nos treinos livres, reclamava de vibração no carro aurirubro de Hinwil. Na primeira volta, Antonio Giovinazzi foi mais rápido que o ‘Homem de Gelo’ em 0s091, enquanto George Russell era cerca de 0s5 melhor que o companheiro de equipe na Williams.

Dentre os pilotos das equipes mais bem posicionadas na Áustria, o primeiro a marcar volta rápida no Q1 foi Lance Stroll, com 1min04s678 com a Racing Point. Mas o canadense foi batido pelas McLaren de Carlos Sainz e Lando Norris e, depois, pela Red Bull de Max Verstappen, que subiu para a ponta com 1min04s326.

Antes de os carros da Mercedes marcarem tempo, a ordem era Verstappen, Sainz, Sergio Pérez, Lando Norris e Pierre Gasly, este andando muito bem, nas seis primeiras posições, com menos de 0s3 de diferença entre eles.

Kimi Räikkönen vive um fim de semana horroroso no Red Bull Ring (Foto: Alfa Romeo)

Só que se a primeira volta de Valtteri Bottas foi razoável, a ponto de colocá-lo provisoriamente em quarto, Lewis Hamilton perdeu tempo na curva 10 e passou só em 14º. Na volta seguinte, o hexacampeão ‘fez para o gasto’ e subiu para segundo, 0s109 atrás de Verstappen.

Lance Stroll chegou a liderar o Q1 na Áustria (Foto: Racing Point)

Ainda teve tempo para bastante ação nos minutos finais. Stroll voltou para a pista para mais uma tentativa, assim como Russell, que chegou a avançar para 15º e saiu momentaneamente da zona de eliminação. O canadense fez ainda melhor e cravou um ‘temporal’: 1min04s309, que o colocou na ponta do Q1 com 0s017 de vantagem para Verstappen. O holandês, no ‘apagar das luzes’, voltou a melhorar e cravou 1min04s024, seguido por Bottas e Hamilton.

No fim do Q1, Grosjean tirou Russell do Q2 e escapou da eliminação. O britânico deixou a classificação e fez companhia a Kevin Magnussen, Giovinazzi, Räikkönen e Latifi. Fim de semana até agora horroroso para o último campeão do mundo com a Ferrari.

Vale ressaltar a diferença de somente exatos 1s2 do primeiro, Verstappen, para o penúltimo do Q1, Räikkönen.

Q2: Vettel amarga eliminação e Leclerc quase fica fora

O segundo segmento da classificação refletiu de forma mais cristalina o real potencial das equipes neste primeiro fim de semana do ano. Dos 15 pilotos na pista, somente Verstappen abriu o Q2 usando pneus médios. Todos os outros aceleraram com compostos macios.

Bottas virou 1min03s530, mas foi logo batido por Hamilton, que cravou 1min03s325 para subir para a ponta. No confronto entre Norris e Stroll, melhor para o prodígio britânico, que se colocou provisoriamente em terceiro, deixando o canadense em quarto. E Pérez não conseguiu bater o companheiro de Racing Point para fechar o top-5.

A Ferrari era superada até pela Renault. Na primeira volta, Daniel Ricciardo foi mais rápido que Charles Leclerc e Sebastian Vettel. O australiano era o sexto, seguido pelo monegasco e Verstappen, em oitavo. Carlos Sainz e Vettel completavam a lista dos dez primeiros até então.

Albon veio a seguir com pneus macios, mas não fez um bom tempo e ficou somente em 13º. Verstappen, por sua vez, anotou 1min04s000 com pneus médios, marcando o sexto tempo, mas mostrando boa performance para o Q3.

Nos instantes finais, a Mercedes deu mais uma amostra do seu poderio. Bottas virou 1min03s015 e assumiu a ponta do Q2. Hamilton também melhorou seu tempo, mas não o bastante para superar o finlandês, ficando 0s081 atrás. A surpresa foi a grande volta de Albon, que saiu de 13º para terceiro. O anglo-tailandês eliminou Vettel da sessão, enquanto Leclerc terminou em décimo.

O tempo de Vettel, 1min04s216, foi muito mais lento que a marca obtida por ele no Q2 do GP da Áustria do ano passado, 1min03s667. Definitivamente, a Ferrari andou muito para trás em 2020.

Além de Vettel, Pierre Gasly, Daniil Kvyat, Esteban Ocon e Grosjean se despediram da classificação.

Q3: Mercedes brilha na casa da Red Bull e Bottas supera Hamilton

Bottas e Hamilton deixaram os boxes, na sequência, com pneus macios novos. Na primeira tentativa, o finlandês quebrou o recorde do Red Bull Ring ao marcar 1min02s939. Lewis, por sua vez, errou na saída da curva 10, perdeu tempo e ficou 0s122 atrás do finlandês.

Verstappen passou em terceiro na primeira tentativa, mas muito atrás das Mercedes, levando 0s612 de Bottas. Albon, Sainz e Pérez vinham na sequência, enquanto Leclerc aparecia em sétimo. Norris, Stroll e Ricciardo ainda não tinham tempos registrados e deixaram tudo para os minutos finais.

Stroll passou com 1min04s029 e se colocou à frente de Pérez. O mexicano abriu sua última tentativa em seguida, assim como os demais no Q2, quase todos juntos.

Bottas vinha bem na volta derradeira, mas errou no miolo do circuito e perdeu sua chance final. Mas Hamilton, mesmo tendo melhorado tempo, passou a apenas 0s012 e não conseguiu superar o companheiro de equipe. Pole-position para o finlandês no Red Bull Ring.

Fórmula 1 2020, GP da Áustria, Red Bull Ring, Treino de classificação:

1V BOTTASMercedes 1:02.939 
2L HAMILTONMercedes 1:02.951+0.012
3M VERSTAPPENRed Bull Honda 1:03.477+0.538
4L NORRISMcLaren Renault 1:03.626+0.687
5A ALBONRed Bull Honda 1:03.868+0.929
6S PÉREZRacing Point Mercedes 1:03.868+0.929
7C LECLERCFerrari 1:03.923+0.984
8C SAINZ JRMcLaren Renault 1:03.971+1.032
9L STROLLRacing Point Mercedes 1:04.029+1.090
10D RICCIARDORenault 1:04.239+1.300
11S VETTELFerrari 1:04.206+1.267
12P GASLYAlphaTauri Honda 1:04.305+1.366
13D KVYATAlphaTauri Honda 1:04.431+1.492
14E OCONRenault 1:04.643+1.704
15R GROSJEANHaas Ferrari 1:04.691+1.752
16K MAGNUSSENHaas Ferrari 1:05.164+2.225
17G RUSSELLWilliams Mercedes 1:05.167+2.228
18A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari 1:05.175+2.236
19K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari 1:05.224+2.285
20N LATIFIWilliams Mercedes 1:05.757+2.818
  Tempo 107% 1:07.345+4.406
      
RECV BOTTASMercedes 1:02.93904/07/2020
MVK RÄIKKÖNENFerrari 1:06.95701/07/2018

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube