Bottas diz que ano como 2018 seria fim da linha na Mercedes: “Assim que F1 funciona”

Valtteri Bottas avaliou que teria sido substituído na Mercedes se tivesse tido outra temporada como a de 2018. O finlandês contou que redescobriu seu amor pelo esporte

Valtteri Bottas acredita que teria sido dispensado pela Mercedes se tivesse repetido em 2019 o desempenho da temporada anterior na Fórmula 1. O #77 fechou o campeonato passado na quinta colocação, 161 pontos atrás de Lewis Hamilton, o campeão.
 
Bottas, que não venceu corridas em 2018, enfrentou a concorrência de Esteban Ocon, mas acabou com o contrato renovado, enquanto o francês fechou com a Renault. 
 
“Se eu tivesse tido uma temporada similar à de 2018, não acho que o time teria continuado comigo”, disse Bottas. “É assim que a Fórmula 1 funciona”, seguiu.
Valtteri Bottas (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Paddockast #46
OS 10 MELHORES PILOTOS DA DÉCADA

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

“Isso é muito importante para mim e também para o bem bem-estar geral. Me divirto muito mais entre as corridas agora, e meio que me apaixonei pelo esporte, algo que talvez tenha perdido um pouco no fim do ano passado”, comentou. “Estou realmente curtindo a pilotagem e é uma temporada muito importante para mim. Agora, eu posso alegremente dizer outra vez que tenho muitos, muitos anos em mim, e tomara, ainda com o mesmo desenvolvimento”, torceu.
 
Ao longo da temporada 2019, Bottas esteve no pódio em 15 das 21 corridas. E poderia ter visitado o top-3 muito mais, não fosse um acidente na Alemanha, um erro na Hungria e uma quebra no Brasil. 
 
“Estou, definitivamente, com uma mentalidade muito diferente em comparação com o ano passado”, contou. “Eu estava contando os dias para o fim da temporada e eu pudesse me reencontrar e começar do zero outra vez. O último mês da temporada passado, parece que foi a muito, muito tempo”, lembrou.
 
A performance de 2019, aliás, se destacou e rendeu elogios a Bottas, que quer manter a mesma receita para o próximo ano.
 
“É melhor e um jeito mentalmente mais fácil de começar a temporada. Sinto que é importante ter bons resultados, não só nas últimas corridas”, considerou. “Não é 100% necessário, pois sei que, mesmo depois de uma temporada ruim, você pode comer uma nova temporada forte”, continuou.
 
“Mas é bom, também para o time, saber que eu posso ter performance por todo o ano, em cada pista, e aí eles sabem que eu, definitivamente, vou além em 2020”, concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube