Bottas lidera 1-2 da Mercedes no TL1 do GP dos 70 Anos da F1. Hülkenberg é quarto

De contrato renovado, o finlandês abriu bem o fim de semana em Silverstone e foi 0s138 mais rápido que Lewis Hamilton. Destaque também para o substituto de Sergio Pérez na Racing Point, atrás dos carros da Mercedes e da Red Bull de Max Verstappen

Motivado pela renovação do seu contrato com a Mercedes até o fim da próxima temporada, Valtteri Bottas começou na frente a programação do GP dos 70 Anos da Fórmula 1. Na manhã desta sexta-feira (7), em Silverstone, o finlandês foi o mais rápido ao registrar 1min26s166, terminando a sessão com 0s138 de vantagem para Lewis Hamilton. O melhor do resto foi Max Verstappen, da Red Bull, 0s727 atrás do finlandês dono do carro #77.

Quem andou bem nesta manhã foi Nico Hülkenberg. Confirmado para o GP dos 70 Anos depois que Sergio Pérez foi descartado por seguir infectado pelo Covid-19, o alemão mostrou que já tem a mão do RP20 e teve boa performance para finalizar em quarto, 0s059 mais lento na comparação com o tempo de Verstappen.

E Charles Leclerc novamente andou mais rápido que Sebastian Vettel no duelo interno da Ferrari e foi o quinto colocado. O monegasco foi cerca de 0s5 mais rápido que o tetracampeão do mundo, que fechou na sétima posição. Alexander Albon, da Red Bull ficou entre as duas Ferrari e foi o sexto, enquanto Lance Stroll foi 0s6 mais lento que Hülkenberg e finalizou em oitavo lugar com a outra ‘Mercedes rosa’. Daniil Kvyat, da AlphaTauri, e Esteban Ocon, com a Renault, fecharam a lista dos dez primeiros.

A Fórmula 1 volta a acelerar logo mais para o TL2 do GP dos 70 Anos da Fórmula 1 a partir de 10h (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Valtteri Bottas foi o mais rápido desta manhã de treino livre 1 do GP dos 70 Anos da F1 (Foto: AFP)

Saiba como foi o primeiro treino livre do GP dos 70 Anos da F1

Depois da grande movimentação nos bastidores com a confirmação de que Sergio Pérez segue com coronavírus — o que motivou a permanência de Nico Hülkenberg para o fim de semana — e o anúncio da punição imposta pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) à Racing Point, o treino livre que abriu a jornada do GP dos 70 Anos da Fórmula 1 começou com 25,4ºC de temperatura ambiente e 33ºC no asfalto.

Além de Hülkenberg, outra novidade para a manhã foi a presença de Robert Kubica no carro de Antonio Giovinazzi, na Alfa Romeo, para o TL1.

Nos primeiros minutos após as voltas de instalação, a Ferrari chegou a tomar a dianteira com Charles Leclerc e Sebastian Vettel. Chamou a atenção as luzes alocadas na traseira da SF1000. Eram câmeras que monitoravam os pneus traseiros.

F1; FÓRMULA 1; F1 2020; CHARLES LECLERC; FERRARI
Charles Leclerc instalou câmeras para monitorar os pneus traseiros nesta manhã (Foto: Reprodução)

Entretanto, não levou muito tempo para que a Mercedes tomasse a dianteira e restabelecesse a real ordem de forças no grid. Com pneus macios, Lewis Hamilton chegou a cravar 1min26s842 na sua primeira passagem rápida, 0s558 melhor que seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas.

Com menos de uma hora de sessão, pilotos como Pierre Gasly e Alexander Albon já reclamavam do desgaste excessivo dos pneus. Para este fim de semana, a Pirelli determinou uma gama mais macia na comparação com o GP da Inglaterra ao levar para a pista os compostos C2, C3 e C4 como pneus duros, médios e macios, respectivamente.

No começo da metade final do treino, a Mercedes mandou novamente seus carros para a pista com pneus macios novos. Bottas marcou 1min26s166 e assumiu a primeira colocação. Hamilton completou sua volta segundos depois, mas não conseguiu bater o companheiro de equipe, ficando 0s138 atrás.

Em seguida, Leclerc foi o próximo a melhorar seu tempo, mas o abismo é tão grande da Ferrari para a Mercedes que a marca do monegasco foi 0s896 mais lenta que a de Bottas. Enquanto Alexander Albon reforçava a sua condição de quarto colocado, a outra Red Bull, de Max Verstappen, seguia parada nos boxes por conta de um problema na suspensão dianteira esquerda. Com 40 minutos para o fim do treino, o holandês era o único ainda sem tempo registrado. Vettel, por sua vez, subia para o quinto posto.

TL1; GP DOS 70 ANOS; CHARLES LECLERC; MAX VERSTAPPEN
Max Verstappen e Charles Leclerc quase se chocaram no TL1 em Silverstone (Foto: Reprodução)

A ordem no top-5 mudou depois que Hülkenberg colocou a ‘Mercedes rosa’ da Racing Point na terceira posição, 0s776 atrás do finlandês. Mas o alemão acabou sendo superado pouco depois de Verstappen cravar sua primeira volta rápida em 1min26s893. No seu giro de desaceleração, o piloto da Red Bull levou um susto ao ver que Leclerc se aproximava rápido e jogou seu carro para o lado para evitar um acidente mais sério.

Ao longo da sessão, o foco maior dos pilotos e das equipes foi buscar informações sobre os pneus macios, já que os compostos C2 e C3 já foram usados no fim de semana passado.

Nos minutos finais, os trabalhos foram dedicados às simulações de corrida, o que trouxe pouca perspectiva de mudança na tabela dos tempos. Assim, a Mercedes terminou o primeiro treino livre do GP dos 70 Anos na posição em que mais está acostumada: liderança e com direito a dobradinha. Desta vez, com Bottas à frente.

Fórmula 1 2020, GP dos 70 Anos, Silverstone, treino livre 1:

1V BOTTASMercedes1:26.166 21
2L HAMILTONMercedes1:26.304+0.13823
3M VERSTAPPENRed Bull Honda1:26.893+0.72724
4N HÜLKENBERGRacing Point Mercedes1:26.942+0.77625
5C LECLERCFerrari1:27.062+0.89620
6A ALBONRed Bull Honda1:27.280+1.11422
7S VETTELFerrari1:27.498+1.33221
8L STROLLRacing Point Mercedes1:27.539+1.37326
9D KVYATAlphaTauri Honda1:27.653+1.48727
10E OCONRenault1:27.701+1.53523
11P GASLYAlphaTauri Honda1:27.707+1.54123
12L NORRISMcLaren Renault1:27.846+1.68026
13R GROSJEANHaas Ferrari1:27.908+1.74226
14C SAINZ JRMcLaren Renault1:28.138+1.97228
15G RUSSELLWilliams Mercedes1:28.170+2.00424
16N LATIFIWilliams Mercedes1:28.226+2.06024
17D RICCIARDORenault1:28.511+2.34523
18K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari1:28.655+2.48924
19R KUBICAAlfa Romeo Ferrari1:28.960+2.79422
20K MAGNUSSENHaas Ferrari1:29.319+3.15317
  Tempo 107%1:32.198+6.032 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube