Bottas minimiza bom desempenho na chuva e lamenta dia conturbado em Sochi: “Não é a melhor sexta para ninguém”

Valtteri Bottas flertou com a liderança da segunda sessão de treinos livres em Sochi e só não terminou na ponta porque acabou sendo superado, já com o cronômetro zerado, por Felipe Massa e Sebastian Vettel. Mas o finlandês acredita que o cenário da sequência do fim de semana na Rússia será muito diferente, com pista seca

Valtteri Bottas foi um dos bons nomes de uma sexta-feira (9) pra lá de complicada em Sochi, palco do GP da Rússia, 15ª etapa da temporada 2015. Como o próprio finlandês definiu, “não é a melhor sexta para ninguém”. De fato, o dia dos pilotos e equipes foi muito prejudicado pela manhã em razão de um inusitado vazamento de óleo diesel causado por um caminhão de apoio que trafegava na pista. Assim, o treino da manhã teve, na prática, uma hora de duração. A expectativa dos competidores para a sessão vespertina ruiu com a chuva que desabou na região do Parque Olímpico.

Mas Bottas se destacou mesmo diante das condições críticas do asfalto de Sochi. Enquanto esteve na pista, o finlandês mostrou bom trabalho à tarde e quase liderou a sessão. Mas depois de ocupar a ponta da tabela nos minutos finais, o piloto da Williams acabou sendo superado por outros dois fortes concorrentes: primeiro, por Sebastian Vettel, da Ferrari. E, em seguida, pelo seu companheiro de equipe, Felipe Massa, o mais rápido do treino da tarde.

Contudo, no combinado dos tempos do dia, que teve a manhã com uma pista mais rápida, Bottas terminou em oitavo. O melhor da sexta-feira turbulenta em Sochi foi Nico Hülkenberg, da Force India.

Bottas terminou o chuvoso treino da tarde em terceiro lugar (Foto: AP)

Ao fim das atividades de pista, Bottas minimizou seu bom desempenho na chuva e lembrou que a sequência do fim de semana deve contar com pista seca. Ainda assim, sua confiança em um bom desempenho do FW37 é grande.

“Imaginamos que vai estar seco amanhã e domingo, por isso pudemos usar os pneus hoje, e tentamos algumas coisas diferentes nos dois carros para entender melhor o carro”, detalhou Valtteri ao descrever o programa da Williams ao longo do dia.

O nórdico descreveu as condições do asfalto nesta sexta-feira. “É bem escorregadio. No seco, já não é a pista mais aderente. O primeiro setor estava muito molhado. É um daqueles dias”, lastimou o piloto. “Não é a melhor sexta para ninguém, mas deve estar seco nos próximos dias”, disse, esperançoso.

“Definitivamente, estamos animados para essa corrida. Pode ser uma boa oportunidade”, complementou Bottas, que acredita em repetir o bom desempenho no treino classificatório obtido no ano passado, quando faturou o terceiro lugar do grid, ou talvez até melhorar. “Nunca é fácil, mas vamos mirar a primeira fila”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube