Bottas questiona decisão de Räikkönen no acidente na Rússia e detona: “Não sei no que ele estava pensando”

Valtteri Bottas não aceitou as explicações de Kimi Räikkönen sobre o acidente entre ambos na parte final do GP da Rússia. O finlandês botou a culpa no compatriota e disse que o seu dia foi arruinado. "Não sei no que ele estava pensando", disse

 
No giro final da prova em Sóchi, Räikkönen perseguia Bottas pelo terceiro lugar do pódio, depois de ambos terem superado Sergio Pérez. O campeão de 2007 acabou acertando o piloto da Williams na freada da curva 4. O toque jogou Valtteri na barreira de proteção do outro lado da pista, enquanto Kimi conseguiu levar a Ferrari, mesmo avariada, até a bandeirada. 
 
Por conta da colisão com o compatriota, o finlandês da Ferrari foi punido com o acréscimo de 30s ao seu tempo total de corrida e acabou caindo de quinto para oitavo na classificação geral.
O toque entre Kimi Räikkönen e Valtteri Bottas na volta final (Foto: Reprodução)
Falando sobre o incidente, Bottas questionou a decisão de Kimi de ultrapassá-lo naquele ponto da pista e disse que o nórdico estava longe no momento da tentativa de roubar o terceiro lugar.
 
"Tinha acabado de ultrapassar Pérez e estava me aproximando da curva 4, quando, de repente, alguém em acertou por trás. Essa é a verdade, realmente", explicou o finlandês de 26 anos. "É decepcionante, ele arruinou o meu dia. Felizmente, eu posso me olhar no espelho e saber que a culpa não foi minha", completou.
 
"Não estava esperando uma tentativa desse tipo vinda dele, mas já está feito, zero pontos e uma grande frustração", acrescentou Valtteri.
 
Räikkönen, por sua vez, chegou a dizer que a manobra não foi completamente estúpida e que não merecia a punição. Para o ferrarista, o toque não passou de um incidente de corrida. Bottas discordou e colocou a culpa inteiramente no compatriota.
 
"Eu estava me aproximando da curva de forma normal, o vi antes e ele estava longe, então não havia jeito dele me passar, principalmente se eu mantivesse a linha normal. Por isso, acho que foi um pouco demais", afirmou.
 
"Não sei no que ele estava pensando, mas fazer o que ele fez ali e na última volta, não é legal. Não era uma corrida tão ruim até aquele momento, eu estava andando em terceiro na última volta. É uma pena que tudo tenha terminado assim", encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube