Bottas reage contra Hamilton e assegura pole-position do GP da Emília-Romanha

Valtteri Bottas não costuma superar Lewis Hamilton em voltas rápidas. Aconteceu em Ímola: o finlandês liderou as três fases da classificação, sendo 0s1 mais rápido no Q3. Max Verstappen foi terceiro após drama mecânico, com Pierre Gasly em ótimo quarto

Só há uma certeza quando o assunto é treino classificatório da Fórmula 1 em 2020: a pole-position fica com a Mercedes. Mesmo com uma pista nova no calendário e formato diferente de fim de semana, a escrita se manteve: a sessão deste sábado (31) teve Valtteri Bottas derrotando Lewis Hamilton em briga particular para garantir a posição de honra no grid de largada em Ímola.

O finlandês, assim, reage na briga interna da Mercedes. É a quarta pole de Bottas no ano, enquanto Hamilton segue com nove. Nenhuma outra equipe conseguiu a posição de honra no ano até aqui.

Valtteri Bottas larga da pole-position (Foto: AFP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Max Verstappen voltou a ser terceiro, mas em uma classificação de drama da Red Bull. O holandês foi à pista e percebeu perda de potência, voltando de imediato à pista. O problema era no sistema elétrico do carro, exigindo conserto veloz dos mecânicos. Quando tudo parecia indicar uma eliminação precoce, o holandês conseguiu voltar à pista nos minutos finais, garantir ida ao Q3 e uma bela posição de largada.

Só que a estrela do dia talvez tenha sido Pierre Gasly. O francês manteve o excelente momento ao anotar a quarta melhor volta e garantir segunda fila no GP da Emília-Romanha. Daniel Ricciardo completou o top-5, reagindo após um começo de classificação mediano da Renault.

Alexander Albon fez uma atuação habitual para garantir o sexto lugar, superando Charles Leclerc. O top-10 contou ainda com Daniil Kvyat, Lando Norris e Carlos Sainz Jr.

Saiba como foi o treino classificatório do GP da Emília-Romanha

Q1 – Tráfego, voltas deletadas e brita

A classificação começou com voltas de instalação e todo mundo apostando de cara nos pneus macios. O primeiro líder da sessão foi Daniil Kvyat, anotando 1min15s412, superando até mesmo Max Verstappen e o companheiro Pierre Gasly.

Claro, seria uma glória breve: Lewis Hamilton fez volta de 1min15s144, assumindo a primeira posição. Só que Charles Leclerc tinha uma carta na manga, derrubando o britânico por apenas 0s021.

Só que a liderança de Leclerc também era temporária. Hamilton foi ainda melhor na segunda volta, conseguindo 1min14s574. Verstappen subiu para segundo, 0s4 atrás do novo ponteiro. Valtteri Bottas chegou a estar no top-3, mas teve volta deletada por exceder limites de pista.

Restavam 6 minutos e finalmente todos tinham tempos de volta. Latifi, Magnussen, Räikkönen, Albon e Bottas estavam na zona de eliminação. Os dois últimos por conta de voltas deletadas. Tão logo melhorassem, Grosjean e Giovinazzi ficariam abaixo da linha de corte. No caso de Bottas, a evolução foi para tomar o primeiro lugar, mantendo o sonho da pole.

Kevin Magnussen passou pela brita no fim do Q1 (Foto: Reprodução/TV)

O minuto final começou com Räikkönen, Russell, Latifi, Ricciardo e Giovinazzi na zona de eliminação. O australiano da Renault foi surpreendido pela evolução do pessoal do fundão e precisou de uma volta extra.

Ricciardo escapou com tranquilidade, enquanto Russell também encontrou tempo. A dupla da Haas pagou o preço: Grosjean e Magnussen foram eliminados juntos de Räikkönen, Latifi e Giovinazzi. No caso do dinamarquês, após um breve passeio pela brita.

Q2 – Drama e reação na Red Bull

O Q2 começou com as duplas de três equipes apostando logo de cara nos pneus médios. Os pilotos de Mercedes, Red Bull e Ferrari estavam crentes de que poderiam chegar ao Q3 sem apelar para os macios, o que daria vantagem na corrida.

Bottas e Hamilton fizeram dobradinha, separados por 0s058. Para Verstappen, drama: o holandês perdeu potência e precisou recolher para os boxes. Poderia ser um problema simples, mas não era: a Red Bull teve de tirar até a tampa do motor, indicando uma eliminação precoce do holandês.

O primeiro ciclo de voltas terminou com Albon, Stroll, Russell, Vettel e Verstappen na zona de eliminação. No caso do tailandês, muito por conta de uma rodada na Variante Alta. Indesejável, considerando a vontade de largar com esses médios. No do alemão, por um leve toque na brita.

Max Verstappen superou problema mecânico (Foto: AFP)

Apesar de tudo, Verstappen conseguiu voltar à pista com três minutos restando. Era um problema elétrico, resolvido sem muita perda de tempo. E, incrivelmente, ainda com médios.

Verstappen completou a reação ao alcançar o sexto melhor tempo, chegando ao Q3. Albon também melhorou, aparecendo em quarto.

Os eliminados foram Pérez, Ocon, Russell, Vettel e Stroll. Grande decepção para a Racing Point, que ficou fora do Q3 por completo. Estavam no Q3: Bottas, Hamilton, Gasly, Albon, Ricciardo, Verstappen, Leclerc, Kvyat, Sainz e Norris.

Q3 – A briga particular

O Q3 começou trazendo a já aguardada briga particular entre a dupla da Mercedes. Hamilton finalmente se viu em vantagem contra Bottas, mas não muita: só 0s031 separavam os dois. Verstappen, por sua vez, não estava tão ameaçador contra antes: o giro foi 0s700 pior que o do novo líder.

A vantagem de Hamilton era pequena sobre Bottas, mantendo a briga aberta entre os dois pela pole. O finlandês fez bom uso da oportunidade, tirando um coelho da cartola e sendo 0s097 mais rápido que o britânico. Verstappen consolidou o terceiro lugar, enquanto Gasly fez excelente trabalho ao ser quarto.

F1 2020, GP da Emília-Romanha, Ímola, grid de largada:

1V BOTTASMercedes1:13.609
2L HAMILTONMercedes1:13.706+0.097
3M VERSTAPPENRed Bull Honda1:14.176+0.567
4P GASLYAlphaTauri Honda1:14.502+0.893
5D RICCIARDORenault1:14.520+0.911
6A ALBONRed Bull Honda1:14.572+0.963
7C LECLERCFerrari1:14.616+1.007
8D KVYATAlphaTauri Honda1:14.696+1.087
9L NORRISMcLaren Renault1:14.814+1.205
10C SAINZ JRMcLaren Renault1:14.911+1.302
11S PÉREZRacing Point Mercedes1:15.061+1.452
12E OCONRenault1:15.201+1.592
13G RUSSELLWilliams Mercedes1:15.323+1.714
14S VETTELFerrari1:15.385+1.776
15L STROLLRacing Point Mercedes1:15.494+1.885
16R GROSJEANHaas Ferrari1:15.918+2.309
17K MAGNUSSENHaas Ferrari1:15.939+2.330
18K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari1:15.953+2.344
19N LATIFIWilliams Mercedes1:15.987+2.378
20A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari1:16.208+2.599
Tempo 107%1:18.762+5.153

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube