Bottas vê diferença de pontos para Hamilton já “grande demais” e título “escapando”

Valtteri Bottas já deve 43 pontos para Lewis Hamilton. É uma diferença muito difícil de buscar, e o finlandês sabe bem disso. O momento frustrante faz o #77 querer ir para “qualquer outro lugar” que não seja o paddock e tirar uns dias de folga da Fórmula 1

Valtteri Bottas não conseguiu dar sequência ao bom começo de temporada na Fórmula 1. Depois de vencer o GP da Áustria, o finlandês viu Lewis Hamilton vencer quatro dos últimos cinco GPs, a mais recente delas no GP da Espanha deste fim de semana. A consequência disso é vista no Mundial de Pilotos, em que Bottas surge 43 pontos atrás de Hamilton, uma diferença que já faz a chance de ser campeão “escapar”.

“Eu fico decepcionado, claro”, disse Bottas após o GP da Espanha. “Foi longe do ideal. Não faço ideia de qual é a diferença de pontos, mas já está grande demais. Eu consigo ver o campeonato escapando. Vamos tirar alguns dias para analisar tudo, ver o que houve de errado e ir em frente mais uma vez”, seguiu.

“Claro que estou decepcionado, mas sei que vou reagir. Não tenho dúvidas de que em Spa vou estar mentalmente pronto, dando tudo que tenho. Só que agora eu prefiro estar em qualquer outro lugar”, comentou.

De terceiro em terceiro lugar, Valtteri Bottas vê o título escapar (Foto: Mercedes)

Sem vitórias desde a primeira corrida do ano, Bottas já não é nem o vice-líder, mesmo com um W11 que domina a F1 com sobras. Max Verstappen agora é o piloto mais próximo de Hamilton, condição reafirmada após superar Valtteri no GP da Espanha. O holandês soube aproveitar uma largada fraca do #77, que caiu de segundo para quarto em questão de metros.

“Acho que minha saída não foi boa o suficiente, assim como meu tempo de reação poderia ser melhor. Não foi uma largada perfeita, e logo quando eu precisava. Nessa pista, se o cara de trás pega o vácuo e você fica sem depois de uma largada ruim, já era”, reconheceu.

Uma das poucas boas notícias para Bottas é a renovação de contrato com a Mercedes. A equipe alemã decidiu adiar em um ano a possível ascensão de George Russell à equipe principal, dando contrato ao finlandês até 2021.

A próxima chance de reação para Valtteri Bottas é daqui duas semanas. A F1 parte para Spa-Francorchamps, casa do GP da Bélgica, em 30 de agosto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar