Brawn pede que Hamilton apenas “lamba suas feridas” após punição na Rússia

Ross Brawn sente que é hora de Mercedes e Lewis Hamilton assumirem erro no GP da Rússia. O dirigente não concorda com a postura do britânico, que disse se sentir perseguido na F1

Ross Brawn, diretor-esportivo da Fórmula 1, não está 100% de acordo com a postura de Lewis Hamilton após o GP da Rússia. O britânico deu declarações fortes após punição de 10s, acreditando ser perseguido pela direção de prova. Brawn, por sua vez, sente que seria melhor simplesmente aceitar a punição e seguir em frente.

O argumento de Brawn é que Mercedes e Hamilton simplesmente erraram ao praticar largada fora da área designada, isso antes da corrida. Foram duas infrações diferentes, cada uma rendendo 5s de punição.

“Eu, pessoalmente, deixaria a pista e iria lamber minhas feridas enquanto penso em como evitar esses incidentes no futuro”, disse Brawn em sua coluna oficial. “É por isso que eu já sei o que a equipe [Mercedes] vai fazer. Conheço muitas pessoas na equipe que vão admitir que erraram”, seguiu.

Lewis Hamilton foi o terceiro colocado em Sóchi após sofrer duas punições (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Azar e erros são coisas que acontecem. O que importa mesmo é como você responde. É fácil pensar que o mundo está contra você, mas quase sempre há algo que poderia ser feito de diferente ou algo que você pode aprender”, destacou.

A punição de 10s foi custosa para um Hamilton que já estava em posição precária em Sóchi. Largar com pneus macios contra os médios de Valtteri Bottas e Max Verstappen rendeu grande perda de tempo, ajudando Lewis a cruzar a linha de chegada em terceiro.

A única coisa que mudou após a corrida foi a dimensão da punição a Hamilton e Mercedes. A direção de prova chegou a colocar mais dois pontos na carteira de Lewis, que chegaria a dez e se aproximaria dos 12 que causam suspensão automática. A decisão acabou revista, com uma multa à escuderia sendo aplicada.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube