Brawn ressalta grande número de erros, mas defende Vettel: “Não esqueceu de como se vence”

Ross Brawn decidiu dar sua visão sobre a fase de Sebastian Vettel. O diretor-esportivo da F1 ressaltou que o alemão tem cometido muitos erros e que isso não pode mais ser encarado como uma coincidência, mas sim que ele parece um pouco descontente

Ross Brawn avaliou o período difícil que Sebastian Vettel tem enfrentado na F1. O diretor-esportivo da F1 afirmou que os erros que o alemão tem cometido não podem mais ser encarados como uma simples coincidência, mas sim que ele pode estar um pouco descontente.
 
No GP dos Estados Unidos do último final de semana, o titular da Ferrari deu mais duas vaciladas. A primeira no treino livre, onde acabou falhando em desacelerar em um período de bandeira vermelha, e a outra em que tocou Daniel Ricciardo em uma tentativa de ultrapassagem.
 
Com a grande quantidade de erros cometidos pelo #5, Lewis Hamilton encontrou caminho tranquilo para se aproximar do título de 2018. No México tem sua segunda chance de colocar um ponto final no campeonato.
 
“Na sexta-feira houve um pequeno erro, quando falhou em diminuir a velocidade em uma bandeira vermelha, e pagou o preço com uma punição de três lugares no grid. Então, na corrida, mais uma vez colidiu com uma Red Bull, dessa vez Ricciardo, e acabou levando a pior de novo”, comentou Brawn.
Ross Brawn (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

“Foi outa oportunidade perdida de diminuir a distância na briga pelo título, especialmente quando vimos o que Räikkönen fez com o mesmo carro”, apontou. “Eu certamente não quero colocar Vettel no banco dos réus, mas esses erros não podem mais serem encarados como uma coincidência. Em vez disso, parecem indicar que Sebastian está um pouco descontente no momento”, seguiu.
 

Caso Vettel queira impedir o adversário inglês de conquistar o título neste final de semana, ele precisa subir ao degrau mais alto do pódio, algo que não acontece faz cinco corridas – o último triunfo foi na Bélgica.
 
“Agora, qualquer esperança de trazer o título de volta a Maranello está diminuindo e é hora de fazer as contas. A principal tarefa deles é trabalhar para ajudar Vettel a extrair o máximo de seu enorme talento”, falou.
 
“Você não se torna tetracampeão sem uma razão, e Sebastian definitivamente não esqueceu de como se vence. Em um esporte complicado como a F1, você apenas alcança seus objetivos se todas as peças do quebra-cabeça estiverem no lugar. Caso uma esteja faltando, todo o resto está comprometido”, encerrou.
 
A F1 retoma as atividades já no próximo fim de semana, na Cidade do México, que recebe a antepenúltima corrida da temporada. O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ com a repórter Evelyn Guimarães.
 
E o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube