Briatore diz que Alonso era “bom demais” para Ferrari, que invejava talento

Fernando Alonso não conseguiu um título em cinco anos de Ferrari. A frustração, aos olhos de Flavio Briatore, foi culpa da equipe: faltou fazer um carro verdadeiramente bom, o que causou inveja interna do talento do espanhol na pilotagem

O casamento entre Fernando Alonso e Ferrari durou cinco anos, mas sem nunca render o tão desejado título mundial de Fórmula 1. Flavio Briatore, ex-chefe da Renault e amigo íntimo do espanhol, sente que a equipe italiana simplesmente não conseguiu desenvolver um carro à altura do talento de seu principal piloto. Nas palavras do dirigente, chegando até mesmo ao ponto de invejar a capacidade de Fernando de extrair resultados.
 
“Era Fernando [Alonso] quem fazia a diferença, não o carro”, disse Briatore, falando ao ‘F1-Insider’. “Infelizmente o [ex-presidente da Ferrari] Montezemolo não quis admitir que a Ferrari devia tudo ao Fernando. Pelo contrário, a Ferrari tinha inveja do Alonso. Esse sempre foi o problema com os pilotos da Ferrari. A equipe precisa ir em frente, mas você não pode ser bom demais na comparação com o carro. É importante ter um equilíbrio”, seguiu.
Fernando Alonso nunca conseguiu ser campeão pela Ferrari (Foto: Ferrari)
Independente de Briatore ter razão ou não, é fato que sempre faltou algo para Alonso e Ferrari superarem a Red Bull, então dominante com Sebastian Vettel. Foram três vice-campeonatos, em 2010, 2012 e 2013, antes do espanhol apostar as fichas no fracassado projeto McLaren-Honda.
 
Os anos na McLaren foram muito piores, levando Alonso a deixar a Fórmula 1 ao fim de 2018. Pesou a frustração de um piloto que se via sem condições de lutar por pódios ou vitórias. Briatore, entretanto, segue com a opinião de que Alonso é um dos melhores da história do esporte.
 
“Tenho orgulho de trabalhar com os dois melhores pilotos de uma geração. Pensei que depois do Michael [Schumacher] não tinha como melhorar, mas o Fernando foi pelo menos tão bom quanto. Não tinha pontos fracos na pilotagem, nenhum”, encerrou.
 
Paddockast #56
QUEM VAI SER O PRÓXIMO BRASILEIRO NA F1?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 

☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

assine agora