Button se manifesta pela primeira vez após morte do pai: “Ele era grande parte da minha vida”

No Twitter, Jenson Button se manifestou publicamente pela primeira vez após a morte do pai, John: “Papa, você não pode acreditar o quão orgulhoso sou por poder chamá-lo de meu pai”

No fim da tarde desta quarta-feira (15), por meio de sua conta no Twitter, Jenson Button se manifestou publicamente pela primeira vez após a morte do pai, John Button. Aos 70 anos, John foi encontrado morto em sua casa na Riviera Francesa no último domingo.

Na rede social, o piloto da McLaren postou uma carta agradecendo aos amigos e fãs pelo apoio e enviou um recado para o pai:

“Obrigado a todos pelas suas adoráveis mensagens sobre meu pai, é muito legal ver que ele tocou tantas pessoas. Ele era grande parte da minha vida, vou sentir muito a falta dele”, escreveu o britânico.

“Papa, você não pode acreditar o quão orgulhoso sou por poder chamá-lo de meu pai. Eu te amo, ‘Papa Smurf’, você estará para sempre no meu coração. Descanse em paz com os anjos”, completou.

John Button sempre acompanhava Jenson nas corridas da F1 (Foto: Getty Images)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube