Campeão da FE, Da Costa negocia para participar do GP de Portugal da F1

O site ‘The Race’ revelou interesse de pelo menos duas equipes da F1 em contar com António Félix da Costa em Portimão. Ainda não está claro se o interesse é apenas em um treino livre ou até mesmo em participar do GP de Portugal em si

António Félix da Costa, frequentemente apontado como um talento desperdiçado pela Fórmula 1, está próximo de receber uma grande oferta. De acordo com o site The Race, pelo menos duas equipes da principal categoria do automobilismo estão em contato com o português a respeito da participação em pelo menos um treino livre do GP de Portugal – ou até mesmo no fim de semana inteiro.

De acordo com o site, o empresário e ex-F1 Tiago Monteiro é quem está em contato com equipes. A participação se encaixaria como uma luva para Da Costa: o piloto está em alta após dominar a temporada 2019/20 da Fórmula E, e logo quando o GP de Portugal aparece no calendário pela primeira vez desde 1996. A corrida em Portimão é uma das que surgiram após cancelamentos causados pela pandemia do coronavírus. Também é do interesse do autódromo e da própria categoria que António dispute pelo menos um treino livre.

O sucesso na FE faz Da Costa flertar novamente com a F1 (Foto: FIA Fórmula E)

O único possível empecilho é que, ainda de acordo com o The Race, Da Costa não tem uma cláusula no contrato com a Techeetah que o permite automaticamente corre na F1. Isso teria de ser negociado à parte. Só que, com a FE agora de férias até 2021, não parece ser um grande problema.

A última aparição de um português em um fim de semana de F1 foi no GP do Brasil de 2006, quando o próprio Monteiro pilotava pela Midland. O país seguiu revelando talentos de relativo destaque desde então, mas Da Costa foi o primeiro a ganhar um campeonato com o renome da FE.

Antes da FE, Da Costa teve a chance real de assinar com a então Toro Rosso para 2014. Só que uma atuação decepcionante na World Series em 2013 levou a Red Bull a optar por Daniil Kvyat, campeão da GP3 no mesmo ano. Depois disso, restou ao português apostar em outras áreas do esporte a motor.

O GP de Portugal está marcado para 25 de outubro. O calendário da F1, altamente modificado, foi finalizado com 17 corridas.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube