Sainz lamenta batida com Tsunoda e admite decepção com resultado: “Dói um pouco”

Carlos Sainz se mostrou chateado com o acidente nos minutos finais do Q3. O espanhol vinha para melhorar sua volta, mas acabou surpreendido pelo erro de Yuki Tsunoda

Leclerc surpreende e é pole: assista aos melhores momentos da classificação da F1 no Azerbaijão (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Apesar do bom ritmo mostrado pela Ferrari, atestado pela pole-position conquistada por Charles Leclerc, o treino classificatório deste sábado (5) acabou com uma imagem diferente para o quinto colocado no grid, Carlos Sainz. O espanhol foi surpreendido pelo acidente de Yuki Tsunoda no Q3 em Baku e, tentando desviar, também bateu e fechou o dia com gosto amargo na boca

Mesmo evitando um possível acidente grave, Sainz acabou danificando a asa dianteira da Ferrari em sua tentativa de escapar do choque contra Tsunoda. O espanhol explicou os movimentos que tomou e mostrou frustração por ter sido atrapalhado mais uma vez no Q3, relembrando do acidente de Leclerc em Mônaco.

“Basicamente, estava a 330 km/h. Vi fumaça e não sei o que ele [Tsunoda] fez no contorno da curva, se bateu, então freei com força para tentar fazer a curva, mas imediatamente vi que bateu e tive que tomar ações para evitar a pancada. Não era ideal. São duas corridas seguidas que um carro na minha frente bate no Q3”, lamentou Sainz.

“Dessa vez eu devia ter feito uma volta com vácuo, coisa que Charles [Leclerc] fez e rendeu uns 0s2 na reta principal nessa briga pela pole. Estávamos todos esperando aquele trem de carros, só não queríamos estar em primeiro da fila. Eu estava em posição decente. Na curva dois, estava 0s2 melhor que a minha volta anterior, então o tempo estava vindo. Quando isso acontece [bater], dói um pouco”, disse.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

YUKI TSUNODA; CARLOS SAINZ; ACIDENTE; Q3; BAKU; AZERBAIJÃO;
Yuki Tsunoda e Carlos Sainz batem e provocam anticlímax em Baku (Foto: F1/Twitter)

Sainz discorreu ainda sobre a possibilidade de ter quebras no carro e sofrer punição por eventuais trocas de peças.Ainda que a possibilidade de punição seja real, o espanhol se mostrou confiante em conseguir manter a quinta posição para no grid da corrida de amanhã.

“Estou esperançoso. Deve ficar tudo bem, porque o acidente foi muito mais leve do que eu senti. Não notei muito dano, então espero que possa largar no quinto lugar e conseguir um grande resultado amanhã”, finalizou.

A largada da corrida, sexta etapa da temporada 2021 da Fórmula 1, está marcada para 9h (de Brasília) deste domingo. O GP segue tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar