Sainz lamenta fim de semana “frustrante” no Azerbaijão: “Não tinha desempenho”

Carlos Sainz sofreu com a SF-23 durante a disputa do GP do Azerbaijão e disse ter se concentrado apenas em terminar a prova para somar pontos importantes para a Ferrari no Mundial de Construtores

Carlos Sainz não se entendeu muito bem com o acerto da Ferrari para o GP do Azerbaijão de Fórmula 1, realizado neste domingo (30). Depois de calçar os pneus duros, o espanhol não conseguiu ser competitivo e cruzou a linha de chegada apenas no quinto lugar, enquanto Charles Leclerc, seu companheiro de equipe, conquistou o primeiro pódio da escuderia de Maranello na temporada.

Sainz partiu do quarto lugar na corrida, mas ao trocar os pneus médios pelos duros, foi superado por Fernando Alonso na relargada da volta 14. Assim, precisou passar quase toda a prova sustentando a pressão de Lewis Hamilton, em uma disputa que valia a quinta colocação. Sainz atribuiu o ‘sufoco’ à dificuldade da SF-23 em lidar com a gama mais dura de pneus disponível para o GP do Azerbaijão.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Sainz viu o ritmo despencar no momento em que trocou para os pneus duros (Foto: AFP)

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“Foi muito frustrante, especialmente quando coloquei os pneus duros e o ritmo desapareceu. Foi um fim de semana difícil, e eu apenas me concentrei em terminar a corrida”, lamentou o #55 da Ferrari.

Sainz ainda explicou que até poderia ter alcançado um ritmo melhor ao longo da corrida, mas a insegurança dentro do cockpit era tanta que o espanhol preferiu administrar a velocidade para evitar um erro. Desta forma, conseguiu contribuir com o melhor resultado da Ferrari em 2023 e somou pontos para o Mundial de Construtores.

“Se eu tivesse forçado mais o ritmo poderia bater e perder dez pontos importantes para o time. Então, decidi apenas administrar para cruzar a linha de chegada, porque neste fim de semana o sentimento é que o desempenho não estava lá. O ponto positivo é o quinto lugar. Vamos analisar os detalhes e ver o que pode ser feito para melhorar”, finalizou Carlos.

Com o resultado, Sainz ocupa a quinta colocação no Mundial de Pilotos, com 34 pontos. A Ferrari permanece no quarto posto, com 62 tentos. A Fórmula 1 retoma as suas atividades entre os dias 5 e 7 de maio, com o GP de Miami, nos Estados Unidos.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.