Sainz lamenta largada ruim e toque em Norris. Leclerc vibra com 5º lugar em Interlagos

Charles Leclerc e Carlos Sainz foram discretos no GP de São Paulo, longe de grandes disputas, mas com ambos terminando entre os seis primeiros na corrida

Lewis Hamilton ultrapassou Max Verstappen e tomou a ponta (Vídeo: Reprodução)

A Ferrari teve bom desempenho em Interlagos, mas a dupla de pilotos ficou discreta no GP de São Paulo. Longe dos ponteiros e com vantagem sobre a McLaren, Charles Leclerc terminou a prova em quinto, seguido pelo companheiro Carlos Sainz.

Após a corrida, o monegasco analisou a situação da equipe e mostrou-se satisfeito com o desempenho mostrado no autódromo brasileiro.

“Estou muito feliz [com o ritmo]. Na verdade, hoje era apenas controlar a distância para quem estava atrás. O Carlos [Sainz] ficou atrás de mim, bem distante dos demais competidores. Estou feliz com a melhora da minha pilotagem”, disse Leclerc.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Charles Leclerc teve corrida discreta em Interlagos (Foto: AFP)

“Alegre por terminar este difícil fim de semana em alta. Tínhamos um bom ritmo, mas corri apenas com o Carlos atrás”, completou.

Sainz terminou a corrida no sexto lugar e tentou fazer uma análise mais controlada da corrida em Interlagos. O espanhol lamentou a perda de posições nos metros iniciais depois de partir em terceiro.

“Tudo se definiu na largada. Perdi posições para os carros que estavam atrás e o top-4 estava rápido demais. Foi muito estranho porque fiz o mesmo procedimento [de largada] de ontem, mas patinei demais”, afirmou Sainz.

O espanhol ainda comentou o toque dado em Lando Norris na largada, quando fechou a porta do piloto da McLaren e causou um furo de pneu do rival. “Preciso olhar para isso porque é uma linha fina entre quem bateu em quem. A curva era para a esquerda e me mantive por dentro, não acho que fiz algo contra ele, que virou mais cedo. Peço desculpas a ele se errei”, finalizou.

GRANDE PRÊMIO acompanha o GP de São Paulo ‘in loco’ em Interlagos com os jornalistas Fernando Silva e Gabriel Curty, além de toda equipe de maneira remota. O GP também seguiu todas as atividades de pista do fim de semana AO VIVO e EM TEMPO REAL. A Fórmula 1 se mexe rápido e volta já no próximo fim de semana, em Losail, no Catar.

F1 EM SÃO PAULO: HAMILTON VENCE NA RAÇA, VERSTAPPEN 2° | Briefing
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar