Sainz vê “relacionamento especial” com Leclerc como chave para Ferrari evoluir

Carlos Sainz teve boa amizade com Lando Norris na McLaren. Agora, na Ferrari, o espanhol espera manter a cordialidade com Charles Leclerc para fazer a equipe retomar o caminho das vitórias a partir de 2021

A parceria entre Carlos Sainz e Lando Norris durou apenas dois anos na McLaren, mas rendeu uma grande amizade entre os dois. Em 2021, o espanhol segue para a Ferrari para correr ao lado de Charles Leclerc e espera repetir a boa relação com o novo companheiro de equipe.

Na McLaren, Sainz e Norris ajudaram o time a alcançar a terceira posição no Mundial de Construtores na temporada passada. Leclerc, por outro lado, viveu um ano de relação cordial com Sebastian Vettel, enquanto a Ferrari passava por momentos difíceis dentro das pistas.

Para o espanhol, em alguns momentos era difícil manter o bom relacionamento com o companheiro por conta da competitividade, inclusive interna, mas espera manter uma boa amizade com Leclerc.

Carlos Sainz no primeiro dia na Ferrari, em dezembro do ano passado (Foto: Ferrari)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“É difícil por um lado, porque o Norris é muito rápido e bem maleável, então você precisa administrar as duas coisas. Mas é bem agradável ter alguém que, após uma classificação ou corrida, está com a mente aberta, sem tentar esconder nada de ninguém”, disse à Autosport.

“Isso mostra que você está sendo sincero com seu oponente, com seu companheiro, apertando as mãos para parabenizar e reconhecer um trabalho bem feito. Acredito que é algo que faz um relacionamento especial e que estou disposto a manter no futuro, faz o ambiente no time com muito menos pressão, faz a vida de todos bem mais fácil e podemos ajudar a fazer a equipe mais rápida”, completou.

Sainz já visitou a fábrica da Ferrari, em Maranello, e vai testar com um carro de 2018 nesta semana em Fiorano. O ex-piloto da McLaren comentou sobre conversas que já teve com o monegasco com quem vai dividir o time a partir de 2021.

“Eu estaria mentindo se dissesse que não falei com o Charles [Leclerc]. Claro que sim. E estou prestando atenção em tudo que acontece, perguntando coisas. Até você entrar no time, é difícil realmente entender o que está acontecendo. Meu relacionamento com o Charles é muito bom, eu espero melhorar no futuro”, finalizou o espanhol.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube