Leclerc admite decepção com perda da pole no Bahrein: “Sem ritmo com macios usados”

Charles Leclerc explicou que a necessidade de utilizar dois jogos de pneus macios no Q1 acabou prejudicando as chances de conquistar a pole-position. Monegasco da Ferrari largará em segundo

Charles Leclerc até sonhou, mas vai largar o GP do Bahrein no segundo lugar. Na classificação realizada nesta sexta-feira (1), em Sakhir, o piloto da Ferrari cravou a marca de 1min29s407, ficando atrás do pole-position Max Verstappen, da Red Bull, que abrirá a temporada 2024 da Fórmula 1 partindo da posição de honra.

Leclerc era tido como um dos favoritos no Q3, já que marcou o tempo mais rápido da classificação durante o Q2, quando anotou um 1min29s165. Porém, foi forçado a utilizar um jogo de pneus macios usados no Q3 por conta de um erro durante a volta rápida no primeiro segmento da sessão, o que prejudicou as chances.

Relacionadas


“Estou um pouco decepcionado, mas fizemos uma boa classificação. Tem sido um fim de semana complicado até aqui, estávamos tentando coisas diferentes nos treinos livres, e encontrei um bom ritmo na classificação. O Q1 foi complicado, infelizmente usamos dois jogos de macios, o que complicou o Q3. Mas foi uma boa classificação, estamos em um lugar melhor comparado com o ano passado. Agora vamos ver o ritmo de corrida amanhã”, afirmou Leclerc em entrevista ao ex-piloto Jolyon Palmer, na transmissão oficial da F1.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Charles Leclerc (Foto: Ferrari)

“No Q2, fiz um tempo mais rápido que o Max no Q3. Acho que perdemos ritmo com os macios usados, e precisávamos readaptar com os novos pneus. Mas no geral, foi uma classificação positiva”, seguiu.

Para a corrida deste sábado, Leclerc vai testar o real ritmo de corrida da Ferrari. O monegasco, que já venceu no Bahrein em 2022, quer capitalizar em cima das oportunidades, mas acredita que a tarefa de bater o tricampeão mundial será complicada.

“Estou confiante que demos um passo à frente, mas precisamos esperar amanhã pra ver o quanto de passo demos. Acreditamos que a Red Bull ainda está na frente por muito nas corridas, mas vamos ver. Se tiver a oportunidade, como sempre, vou tentar e ver o que acontece”, completou.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP do Bahrein de Fórmula 1 e transmite classificação e corrida em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporte, na GPTV, o canal do GP no Youtube. Além disso, debate tudo que aconteceu na pista com o Briefing após segundo treino livre e classificação, além de antes e depois da corrida. No sábado, a largada está marcada para as 12h (de Brasília, GMT-3).

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.