Leclerc comemora 2º lugar em sprint no Azerbaijão: “Não podia fazer mais que isso”

Charles Leclerc sofreu com a degradação dos pneus durante a corrida sprint do GP do Azerbaijão e precisou evitar um ataque a Sergio Pérez para garantir que teria condições de chegar ao final da corrida ainda competitivo

Charles Leclerc ficou com o segundo lugar na corrida sprint do GP do Azerbaijão, realizada na manhã deste sábado (29). O monegasco, que dominou as duas sessões de classificação, não conseguiu manter o bom desempenho durante a corrida e foi ultrapassado pela Red Bull de Sergio Pérez na metade da prova.

Perdendo a liderança, o piloto da Ferrari passou a administrar o ritmo para conter o elevado desgaste de pneus da SF-23 e precisou segurar a pressão de Max Verstappen nas voltas finais para cruzar a linha de chegada em segundo lugar. Apesar de não ter vencido, Leclerc ficou feliz com o resultado obtido.

Relacionadas


▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“[O resultado] confirma o que a gente imaginava, que a Red Bull é mais rápida na corrida. Mas nós não podemos esquecer como estávamos longe da Red Bull há três corridas. Demos um passo à frente. Não estamos no lugar que gostaríamos ainda, mas, se vencer não é possível, vamos tentar marcar a maior quantidade de pontos”, seguiu. “Hoje não podia fazer mais do que isso. Estou feliz com o resultado e vou tentar vencer amanhã, mesmo que a Red Bull seja mais forte”, afirmou o #16.

Charles Leclerc foi ao pódio da sprint no Azerbaijão (Foto: AFP)

O alto desgaste dos pneus, que foi um ponto fraco da Ferrari também no ano passado, segue assombrando os pilotos em 2023. Por isso, Leclerc admitiu que não atacou Pérez pois sabia que poderia perder muito ritmo na metade final da corrida.

“Não sabia o que esperar da corrida de hoje. Não briguei muito com Checo porque queria manter o pneu em situação boa, sabia que isso seria um ponto fraco do nosso carro”, disse. “Fiquei um pouco próximo do Checo, mas depois ele abriu e perdi um pouco [de tempo] demais na parte final da corrida com a degradação do pneu. Agora vou ver o que é possível melhorar para amanhã e ver o que pode ser feito.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP do Azerbaijão de Fórmula 1. No domingo, a largada está marcada para 8h (de Brasília, GMT-3).

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.