Chefe da Honda cita desafios em parceria com Red Bull e traça meta inicial: impedir queda do nível atual

Agora fornecedora de motores para a Red Bull pelas próximas duas temporadas, a Honda está animada com o trabalho a ser feito, mas reconhece os desafios de suprir uma equipe campeã. E já escolheu seu primeiro objetivo a ser cumprido com o time taurino

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Depois de anunciada a parceria entre Red Bull e Honda para as temporadas de 2019 e 2020, nesta terça-feira (19), a fabricante japonesa já traça seu plano de ação para o novo desafio. O objetivo inicial é que a equipe taurina não caia “abaixo do nível atual”. 
 
A montadora nipônica, que já tem parceria com a Toro Rosso, reconhece o histórico campeão da Red Bull e quer aproveitar a chance de atuar com carros que permitam maior desenvolvimento e que tenham chance de vitória nos fins de semana.
Chefe da Honda acredita no sucesso da niva parceria, depois de passar por McLaren e Toro Rosso na F1 (Foto: Honda Racing F1)
“[A Red Bull] é um dos melhores times. Ganhou vários campeonatos e este ano também já venceu algumas corridas. Também é óbvio que eles têm um chassi muito bom e isso significa que teremos mais chances de ganhar corridas. Isso dá mais motivação a todos os membros da Honda mas, ao mesmo tempo, é uma enorme pressão e responsabilidade para nós”, afirmou Masashi Yamamoto, chefe da Honda.
 
"No entanto, é da natureza da Honda sempre aspirar um alvo muito alto, e acho que é isso que faz a Honda ser a Honda. Como ponto de partida, não queremos ver o desempenho da Red Bull cair abaixo do nível atual. Mas nossa meta é ir mais longe e fazer melhor do que eles estão fazendo no momento", acrescentou.
 
A Honda terá menos tempo para desenvolver os motores para a Red Bull, mas pondera que o período ainda é maior do que o trabalhado na temporada passada, quando fechou o acordo com a Toro Rosso. 
 
"Acho que agora todas as outras equipes já começaram o desenvolvimento para 2019. Nós também temos que começar a trabalhar na correspondência do chassi e da unidade de potência com a equipe", disse Yamamoto.
 
"Embora tenhamos mais tempo em relação à situação da Toro Rosso do ano passado, ainda é um período de tempo relativamente mais curto do que todos os outros. Então, temos que ter certeza de que temos uma boa comunicação para ter um bom desenvolvimento juntos", completou.
Max Verstappen, piloto da Red Bull (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
A fábrica garante que está preparada para dar conta do projeto grandioso que será o trabalho com a Red Bull. Sua infraestrutura está adaptada para o desenvolvimento, já que a Honda tinha como objetivo um segundo cliente há algum tempo. Também, a proximidade das fábricas – ambas em Milton Keynes, na Inglaterra – conta como um fator positivo a ser agregado na parceria. 
 
“Ainda temos mais espaço para melhorias em termos de organização e pessoal, e vamos trabalhar nisso muito em breve com as duas equipes. É claro que é uma vantagem ter fábricas próximas umas das outras. Embora haja uma abundância de tecnologias hoje em dia, como a conferência de TV, e estejamos utilizando-as totalmente, acredito que a comunicação cara a cara ainda é muito importante, ainda pode fazer uma diferença muito grande", pontuou o chefe da Honda.
 
Japoneses e austríacos trabalham juntos, agora, para manter os pés no chão e ir em busca dos resultados através do bom trabalho em pista, mas Yamamoto reconhece que a parceria aumenta as expectativas da equipe quatro vezes campeã do mundo para voltar a vencer.
 
“Teremos que viver de acordo com suas altas expectativas, mas podemos ver seu respeito por nós. Vamos colocar tudo o que temos no desenvolvimento para a próxima temporada", encerrou. 
CONFLITO À VISTA?

NOVA EQUIPE DE LORENZO, HONDA É TODA MOLDADA PARA MÁRQUEZ

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar