Chefe da Honda destaca respeito por Alonso e Button e diz que encarar frustração com bom humor vai ajudar McLaren

Yasuhisa Arai disse que compreende a frustração vivida nesta temporada por Fernando Alonso e Jenson Button com a falta de resultados da McLaren e falta de performance do motor Honda. Entretanto, o engenheiro japonês viu com bons olhos a manifestação bem-humorada da dupla para ironizar o péssimo momento: “Eu respeito isso”

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Que a fase não é das melhores para a McLaren-Honda depois da reedição do casamento a partir desta temporada, não chega a ser uma novidade. Mas o fim de semana do GP do Brasil revelou uma nova maneira de Fernando Alonso e Jenson Button lidarem com as sucessivas falhas de performance e falta de resultados: a ironia e o bom humor. Alonso ‘zerou’ a internet no sábado e foi tema de milhares de ‘memes’ ao redor do mundo depois que teve problemas e sequer teve a chance de disputar a classificação. Tanto o espanhol quanto Button, ambos de fora do treino classificatório em Interlagos, subiram ao pódio do circuito paulistano e fizeram a festa dos fãs.
 
Depois de mais uma quebra de motor na temporada, Yasuhisa Arai concorda com a dupla de pilotos da McLaren e entende que o melhor para lidar com a situação é mesmo rir de si mesmo. Em entrevista ao site norte-americano ‘Motorsport.com’, o chefe esportivo da Honda pregou respeito a Alonso e Button justamente porque entende a frustração de ambos nesta fase do campeonato.
Alonso e Button sobem no pódio de Interlagos: imagem virou símbolo da galhofa e de como eles souberam rir da desgraça (Foto: McLaren)
“Tenho muito respeito por Fernando e Jenson. Temos algumas coisas novas no carro, não só no motor. Cada corrida há alguma coisa nova e eles têm de testar. Mas eles têm sido muito pacientes e profissionais sobre isso durante todo o ano, então tenho muito respeito por eles”, declarou o dirigente.
 
“Eles entenderam por que estão tentando fazer isso, por que nós precisamos fazer isso, com o objetivo de progredir”, complementou.
 
Para lidar de forma mais leve com a frustração que é inevitável para quem até pouco tempo atrás lutava por vitórias e títulos, Arai-san acredita que rir é mesmo o melhor remédio. “Obviamente que para Fernando é uma situação frustrante, e achamos que ele próprio tem sua frustração com ele mesmo, mas quanto aos dois mostrarem um tipo de humor, isso ajuda a equipe”, disse.
 
“Para todo mundo na garagem e na equipe, acho que faz bem ter esse tipo de humor. Tenho muito respeito que eles tenham esse tipo de mentalidade, de profissionalismo. Usar este humor vai ajudar o restante da equipe, então respeito isso”, concluiu.

  (function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Quer ganhar um super kit do GRANDE PRÊMIO no GP do Brasil de F1? Então participe do 'Traz mais um no GP'.É simples:…

Posted by Grande Prêmio on Quinta, 12 de novembro de 2015

PADDOCK GP COM FELIPE MASSA: ASSISTA JÁ

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube