F1

Chefe da McLaren diz que “não descartaria” Alonso em testes com novo carro: “Ele vai seguir na família”

Zak Brown contou que tem grandes planos para Fernando Alonso além da F1 na McLaren e estuda alternativas como o Mundial de Endurance ou mesmo uma temporada em tempo integral na Indy. E não descartou a presença do bicampeão para testar o carro para 2019
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Zak Brown (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Fernando Alonso se despede de forma oficial do Mundial de F1 neste fim de semana com a disputa do GP de Abu Dhabi, mas é possível que o bicampeão não fique tanto tempo assim longe da categoria. De acordo com Zak Brown, chefão da equipe de Woking, existe a chance de Alonso testar o carro de 2019 como forma de ajudar os jovens Carlos Sainz e Lando Norris. O norte-americano salientou que vai depender apenas da vontade de Fernando.
 
“Não descartaria, não descartaria”, afirmou Brown em entrevista coletiva nesta sexta-feira (23) em Abu Dhabi. Mas, por outro lado, o dirigente entende que a possibilidade é um tanto remota no momento.
 
“Até que não possamos ter um terceiro carro, vai ser difícil colocá-lo em um. Temos Carlos e Lando, e os dois estão empolgados, e com contrato. Se ele quiser testar o carro, estaremos abertos a isso. Vamos cruzar essa ponte quando tivermos de cruzar, mas, no momento, não há um lugar livre para ele”, comentou.
Alonso pode testar o carro de 2019 da McLaren, diz Zak Brown (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Na visão do norte-americano, Alonso seria um elemento muito importante para ajudar Sainz e Norris na próxima temporada.
 
“Fernando é extremamente inteligente. Tem muita experiência. Ele adora a F1 e os circuitos. Adora a engenharia. Não é desse tipo de cara que simplesmente se limita a correr. Com Indianápolis, ele quer saber o que está acontecendo. Ele vai seguir fazendo parte da família. Sua influência vai ajudar os dois pilotos”, comentou.
 
“Conhece Carlos muito bem e Lando também, e eles vão tirar proveito da sua experiência. Com os engenheiros, ele vai nos ajudar a trabalhar juntos para entender o que faz o carro, como é o feedback dos pilotos, o que faria Fernando em certas situações”, emendou Zak.
 
Brown disse que Alonso segue vinculado à McLaren de alguma forma e deixou claro que gostaria de desenvolver um programa específico para o espanhol muito além da F1, abordando outras competições. E avisou que o programa de fazer uma temporada completa da Indy segue no radar.
 
“Ainda estamos trabalhando. Sabemos que vamos fazer Indianápolis juntos. Gostaria que ele fizesse parte do nosso programa de corridas. Estamos analisando outras formas, como já disse: WEC, Indy em tempo integral... e Fernando ainda não deixou de correr. Estamos trabalhando para ver como poderia ser uma relação a longo prazo”, explicou o chefão da McLaren.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL o fim de semana do GP de Abu Dhabi, o último da temporada 2018 da F1. Siga tudo aqui.