Chefe da Red Bull elogia evolução de Kvyat nas últimas corridas da temporada: “Ele começou a mostrar seu potencial”

Christian Horner demonstrou satisfação com o desempenho alcançado por Daniil Kvyat, que faz sua primeira temporada como piloto da Red Bull. O jovem, que enfrenta a duríssima missão de ser o substituto de Sebastian Vettel no time de Milton Keynes, tem 27 pontos, apenas nove a menos em relação a Daniel Ricciardo

Depois de um começo de temporada bastante complicado, Daniil Kvyat começa a se firmar dentro da Red Bull. O jovem russo de 21 anos emendou uma boa sequência de corridas a partir do GP de Mônaco, no qual conquistou seu melhor resultado na F1 até agora, terminando em quarto lugar. No total, o piloto soma 27 pontos e ocupa o oitavo lugar no Mundial, apenas nove a menos em relação ao seu companheiro de equipe, Daniel Ricciardo.

O trabalho feito por Kvyat nas últimas provas, especialmente no GP da Inglaterra, no qual despontou como postulante ao pódio na fase final da corrida, foi elogiado por Christian Horner, chefe da Red Bull.

Daniil Kvyat foi o melhor do 'resto' depois das três principais equipes da F1 atual em Silverstone (Foto: Beto Issa)

“Dany fez uma ultrapassagem impressionante em Sebastian Vettel em Silverstone e teve um grande ritmo de corrida. É uma pena que ele rodou, do contrário ele poderia ter lutado pelo pódio”, declarou o dirigente em entrevista à revista francesa ‘Auto Hebdo’.

Depois de apenas uma temporada como piloto da Toro Rosso, o russo foi promovido a titular da Red Bull, tendo a duríssima missão de substituir Vettel, um dos grandes pilares dos anos de ouro da equipe, entre 2010 e 2013.

Questionado se Kvyat tem correspondido às expectativas da Red Bull, Horner foi taxativo. “Sim, absolutamente. Nos últimos três ou quatro GPs, ele começou a mostrar seu potencial. Ele foi rápido em Mônaco, Montreal, Áustria e Silverstone e, como disse, em Silverstone ele teve chance de lutar pelo pódio.”

Quanto a Ricciardo, o chefe da Red Bull garantiu que não há a menor chance de o australiano deixar o time ao fim da temporada. O piloto tem sido um dos apontados como possível reforço da Ferrari para o ano que vem. “O interesse de outras equipes é lisonjeiro para Daniel, mas nós dois sabemos as condições do seu contrato. Você pode ter 100% de certeza de que ele continuará com a equipe.”

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube