Chefe da Red Bull mostra cautela para 2014, mas vê novo RB10 como “primo do vencedor RB9”

Christian Horner afirmou que o RB10, o carro da Red Bull para 2014, terá o mesmo DNA do vencedor RB9, que deu o quarto título de pilotos a Sebastian Vettel neste ano. "Acho que Adrian poderia descrever o RB10 como um primo do RB9", disse

Christian Horner vê RB10 como primo do RB9 (Foto: Carsten Horst/Hyset)

Chefe da Red Bull, Christian Horner afirmou que o RB10, o modelo para a temporada 2014, vai ter o mesmo DNA do vencedor RB9, o carro com o qual Sebastian Vettel se tornou tetracampeão na F1. No próximo ano, o Mundial vai viver uma grande reforma no regulamento técnico, com a adoção dos motores V6 e fortes alterações na parte aerodinâmica também.

O dirigente, entretanto, afirmou que o projetista Adrian Newey vai usar diversos conceitos do modelo que acabou de conquistar o tetra entre os construtores para desenvolver o novo carro. "Acho que Adrian poderia descrever o RB10 como um primo do RB9", disse o inglês. "Há elementos que vão transitar entre eles e o DNA certamente será o mesmo. Claro, é um motor diferente, com uma solução do sistema de escape igualmente diferente, mas a aerodinâmica continuará tendo um papel importante no próximo ano", completou.

Horner também afirmou que uma das preocupações para o Mundial do ano que vem é a confiabilidade dos novos motores. "Os motores serão a grande incógnita para 2014. Todos os fabricantes provavelmente estão lutando para obter uma maior confiabilidade, pois precisam ir mais longe que os atuais V8, além de toda a complicada eletrônica dos carros e do grande turbo, que proporcionará um formato de corrida bem diferente", acrescentou.

Questionado sobre as chances de a Red Bull cruzar a linha de chegada na primeira colocação em Melbourne, na Austrália, em março, o chefe da esquadra austríaca foi diplomático. "Eu que a chance, e isso vale para todas as equipes do pit-lane, é de 50%."

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube