Chefe da Williams critica “testes públicos” do novo treino classificatório: “Deveria ter sido feito nos bastidores”

O fiasco do treino classificatório ‘dança das cadeiras’ incomodou Claire Williams, chefe-adjunta da Williams. A dirigente pensa que o formato deveria ser testado “nos bastidores” antes de ser aplicado

Claire Williams, chefe-adjunta da Williams, lamenta que o treino classificatório ‘dança das cadeiras’, com eliminações de 90 em 90 segundos, tenha sido testado em público. De acordo com a dirigente, o ideal seria testar o formato longe do público para checar se a ideia é boa ou não.
 
“Aprendemos que precisamos de mais tempo para considerar propostas que chegam até nós, com certeza. Você não pode testar essas coisas em público. Isso deve ser nos bastidores”, considerou Claire.
 
O sistema, inovador, se provou um fiasco. Uma sessão classificatória na Austrália foi suficiente para ver que algo estava muito errado. No Bahrein, provas definitivas foram dadas.
Claire Williams (Foto: Getty Images)
Agora, as equipes concordaram que o melhor é trazer o sistema anterior – com Q1, Q2 e Q3 normais – até o fim de 2016, antes de pensar em algo definitivo para 2017.
 
“Isso vai nos dar um período de estabilidade, durante o qual nós vamos sentar e analisar como a classificação de 2017 pode ser”, seguiu.
 
“Precisamos prestar atenção nos finais de semana, com público decrescente, e fazer as pessoas assistirem do autódromo ou por suas televisões. Precisamos pensar no que estamos fazendo, na pista e fora dela, para garantir que vamos manter o público e atrair uma nova geração de fãs”, finalizou.
PADDOCK GP #23, FALA SOBRE FITTIPALDI E FIM DE SEMANA MOVIMENTADO NO ESPORTE

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube