Chefe da Williams insiste que Stroll merece lugar na F1 e que desempenho no Canadá serviu como resposta aos críticos

A chefe da Williams, Claire Williams, se mostrou orgulhoso do desempenho apresentado por Lance Stroll no GP do Canadá, onde o jovem pontuou pela primeira vez na temporada. E disse que a performance também serviu como uma resposta aos críticos

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A nona posição no GP do Canadá tirou Lance Stroll do zero em sua temporada de estreia na F1 e serviu também para calar seus críticos, de acordo com a chefe-adjunta da Williams, Claire Williams. 

 
O jovem canadense viveu um turbulento início de campeonato em 2017, abandonando quatro das seis corridas primeiras etapas, além de brigar para se aproximar do desempenho do companheiro de equipe, Felipe Massa, em classificação. Stroll também se viu vítima de acidentes e falhas mecânicas. 
 
Saindo da 17ª posição do grid, Lance foi capaz de driblar os incidentes que marcaram a corrida no Gilles Villeneuve e conseguiu pela primeira vez cruzar a linha de chegada no top-10, justo em sua prova caseira. A dirigente entende, portanto, que a performance já pode justificar a contratação do piloto de 18 anos.
Lance Stroll correu pela primeira vez diante de sua torcida no Canadá (Foto: Williams)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

"Acho que foi boa reviravolta, não", afirmou Williams em declaração ao site da revista 'Autosport'. "Ele provou para todos que duvidavam que ele merece esse lugar. Lance saiu de 17º para o nono posto. E fez isso duas vezes. Estou muito orgulhosa por ele. Isso vai tirar um pouco da pressão, o que é realmente muito bom", completou.

 
"Acredito que ele estava sob uma enorme pressão, e essa pressão vem dele mesmo. Considerando que ele tem apenas 18 anos – e todos devemos nos lembrar disso -, o fato dele continuar lutando mostra apenas suas qualidades. Ainda assim com todos os comentários negativos a cada prova", encerrou a chefe.
A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube