Chefe no bicampeonato mundial, Briatore diz que Alonso vai continuar paciente com McLaren “enquanto for pago”

Flavio Briatore está fora, mas não fecha a matraca. Ele voltou à cena para falar do pupilo Fernando Alonso, que afirma não estar triste com a vida difícil na McLaren. Mas, segundo ele, Fernando vai continuar paciente enquanto for pago

Para Flavio Briatore, expurgado da F1 em 2009 e chefe de Fernando Alonso nos dois títulos mundiais do piloto pela Renault em 2005 e 2006, o bicampeão está mesmo paciente com a McLaren e não se trata de fachada do espanhol. 
 
Segundo Briatore, Alonso aceitou os riscos ao fechar com a oferta da McLaren-Honda e não está triste por isso. Ainda há, a favor da equipe, um forte acordo financeiro que é importante para Fernando. O ex-chefe afirma que enquanto for pago, o piloto vai manter a paciência. Ainda deixou claro que o ano é, sim, uma decepção.
Briatore vibra ao lado do pupilo Alonso pela vitória na Hungria (Foto: LAT Photographic/Renault)
"Tomou uma decisão importante, pode ser boa ou ruim, mas ele não está triste. O acordo econômico com a McLaren é importante. Enquanto a McLaren pagar, Alonso vai continuar com paciência. Honda? É como se eles tivessem treinado dois anos para os Jogos Olímpicos, mas chegaram com sapatilhas desgastadas", falou, com a língua de sempre, ao jornal italiano 'La Gazzetta dello Sport'.
 
Por enquanto, segundo o diretor-esportivo da McLaren, Éric Boullier, o rendimento abaixo da crítica não é um problema tão grande a ponto de causar danos à marca – a história segura. Mas isso não vai durar para sempre.
 
"A marca não sofre dano algum, porque temos um sólido estado durante muitos anos. Se não pudermos encontrar e atrair novos patrocinadores, então, sim, há dano. Vai ser mais difícil atrair patrocinadores ao menos que demonstremos que estamos em movimento e que podemos conquistar pontos rapidamente", afirmou Boullier.
 
São apenas 17 pontos e o nono lugar no Mundial de Construtores anotados pela McLaren até agora na temporada.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube