Chefes de equipe contestam FIA por aprovação de aerodinâmica ativa e se reúnem no Canadá

As mudanças nos carros para a temporada 2026 da Fórmula 1 não foram tão bem recebidas pelas equipes, que marcaram uma reunião para tentar adiar o prazo final da publicação do regulamento para outubro

Um dia após a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) revelar o novo pacote de regras para a temporada 2026 da Fórmula 1, os chefes das equipes resolveram marcar uma reunião para a manhã de sábado (8), em Montreal, para discutir as implementações que serão feitas na categoria. A alegação é de que entidade forçou a aprovação da aerodinâmica ativa.

A informação é do site da revista inglesa Autosport desta sexta-feira (7). Trata-se de uma reunião semirregular que acontece em fins de semana de corrida e também conta com a presença do CEO da F1, Stefano Domenicali.

Havia grande expectativa em torno das soluções aerodinâmicas que seriam trazidas para o campeonato a partir da chegada da nova geração de motores, com a parte elétrica ampliada e preparadas para funcionarem com combustível 100% sustentável. Testes iniciais, no entanto, mostraram que a ideia de manter asas móveis apenas na parte traseira do carro foram falhas. Seria preciso trabalhar em um conceito que também trouxesse tal mobilidade à asa dianteira, e foi exatamente o que a FIA apresentou.

A aerodinâmica ativa envolve as duas asas e pode trazer ao carro maior velocidade em curvas com o chamado ‘padrão Z’ ativado, que traz uma configuração de alto downforce. Já para as retas, trechos que pedem menos pressão aerodinâmica, será possível mudar para o ‘modo X’. Cada um diz respeito às variações na angulação das aberturas.

A aerodinâmica móvel da F1 2026 (Vídeo: reprodução)

Segundo a publicação, a maior preocupação dos times é que os carros se tornem muito lentos por falta de downforce, prejudicando, consequentemente, o uso da bateria — questão antes exposta à FIA.

Há também o temor com o peso. Os carros serão um pouco menores — 3.400 mm de distância entre eixos, com 1.900 mm de largura — e 30 kg mais leves, com o peso mínimo baixando de 798 kg para 768 kg. Só que o aumento no volume das baterias já gera dúvidas quanto à possibilidade de se atingir tal valor. E o trabalho despendido em busca da redução de peso geraria enormes gastos.

As equipes, portanto, querem mais detalhes a respeito da nova aerodinâmica, mas elas também correm contra o tempo, uma vez que o Código Esportivo Internacional (ISC, da sigla em inglês) diz que qualquer alteração de regulamento que a federação considere “suscetível de ter um impacto substancial no design técnico do carro e/ou no equilíbrio das performances entre os carros” tem de ser publicada em 30 de junho — um ano e meio antes de entrar em vigor, para que haja tempo hábil de todos trabalharem.

Após esse período, revisões exigem apoio dos competidores — o que se torna um problema, já que uns sempre saem na frente dos outros quanto ao entendimento das normas. A Autosport ainda informou que, por conta disso, alguns times querem adiar a publicação das regras até outubro, permitindo à FIA tempo para ajustes, porém a proposta foi rejeitada por uma esquadra que defende cumprimento do prazo de junho.

É preciso unanimidade para mudança na data final da publicação do regulamento, conforme diz o artigo 18.2.4 do ISC. Porém há possibilidade de a FIA agir com o apoio da maioria e estender o prazo até outubro, desde que tenha razões justificáveis para tal.

Nos documentos emitidos na apresentação de quinta-feira, a FIA afirmou que as regras devem ser ratificadas pelo Conselho Mundial no dia 28 de junho.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP do Canadá de Fórmula 1 e transmite classificação e corrida em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporte, na GPTV, o canal do GP no Youtube. Além disso, debate tudo que aconteceu na pista com o Briefing após treinos livres e classificação, além de antes e depois da corrida. Na sexta-feira (7), o TL2 acontece a partir das 18h. No sábado, o TL3 será às 13h30, ao passo que a classificação oficial está marcada para as 17h. Por fim, a largada está marcada para as 15h do domingo. 

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente: Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.