Com altos e baixos, Gasly diz que 2019 “foi quase como um filme de Hollywood”

Pierre Gasly afirmou que a temporada 2019 da Fórmula 1 foi quase que um roteiro de Hollywood. O piloto da Toro Rosso ressaltou que teve muitos altos e baixos, mas destacou o GP do Brasil como o melhor momento da carreira

Pierre Gasly avaliou que sua temporada 2019 na Fórmula 1 teve um roteiro digno de Hollywood. O francês ressaltou o ano de altos e baixos, mas celebrou o bom desfecho do campeonato.
 
Gasly começou o ano com a Red Bull, mas o desempenho ruim fez com que Pierre voltasse a Toro Rosso, com Alex Albon promovido ao time principal ao lado de Max Verstappen.
 
Além do rebaixamento, Gasly também teve de lidar com a morte do amigo Anthoine Hubert, vítima de um forte acidente na etapa da Bélgica da Fórmula 2.
Pierre Gasly (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Paddockast #46
OS 10 MELHORES PILOTOS DA DÉCADA

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

“Foi quase como um filme de Hollywood”, disse Gasly ao site ‘Motorsport.com’. “Eu nem imaginava que fosse real, como todas as coisas que aconteceram, como começou, quando começou e as coisas que aconteceram nos primeiros seis meses”, seguiu.
 
“Aí, depois da troca, a forma como voltei ao time, só não pareceu real. Como em muitos momentos ao longo do ano, foi como: ‘Isso não pode estar acontecendo. Não pode ser real’”, comentou. 
 
Pierre escolheu a morte do amigo Hubert em Spa-Francorchamps como o pior momento da temporada 2019 e apontou o GP do Brasil como o melhor do campeonato. 
 
“Foi um ano bem montanha-russa”, declarou. “Passei por todo tipo de emoção. Um dos momentos mais tristes da minha vida foi em Spa, quando Anthoine morreu, e já era um fim de semana difícil com a volta para a Toro Rosso”, continuou.
 
“Aí teve o Brasil, que foi, provavelmente, o melhor momento da minha vida e também da minha carreira”, considerou. “Tive a sensação de muitos altos e baixos ao longo do ano e, é, foi ótimo que depois de todas essas emoções diferentes, de todos esses momentos diferentes, eu me mantive trabalhando e forçando. Eu sabia que ‘ok, continue forçando que em algum momento as coisas vão para o lugar’”, concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube