Com novo regulamento técnico na F1, Vettel diz que pilotos “terão de adaptar estilo de pilotagem”

Às vésperas da estreia da temporada 2014 da F1, Sebastian Vettel avaliou que mudança no regulamento vai forçar os pilotos a modificarem o estilo de pilotagem

icon_foto As imagens do Red Bull RB10

A temporada 2014 da F1 verá a introdução de um novo regulamento técnico, com a principal mudança sendo a troca dos motores V8 pelos V6 turbo. Além da modificação na estrutura do carro, Sebastian Vettel acredita que as novas regras vão fazer com que os pilotos guiem de forma diferente.
 
“Acho que, por causa das grandes mudanças, os pilotos terão de adaptar o estilo de pilotagem”, avaliou Vettel durante o lançamento do RB10. “Você terá que cuidar do carro, cuidar da situação do combustível, então as corridas podem ser um pouco diferentes do que estávamos acostumados”, ponderou. 
Vettel destacou que início da temporada deve ser marcado por muitas falhas (Foto: Red Bull/Getty Images)
“Acho que todos vão se acostumar, mas, claro, vai levar algum tempo para se adaptar. Claro, se você olhar para o fim de semana, o piloto vai precisar simplesmente se adaptar ao que precisa ser feito”, citou. “Com certeza na classificação você vai tentar ser o mais rápido possível, enquanto na corrida, levando em conta a situação – com quem você está correndo, onde está na corrida – você tem que economizar combustível, preparar o ataque talvez com voltas de antecedência”, considerou. 
 
O tetracampeão também ressaltou que, por conta das novidades, os times devem levar mais tempo para se adaptarem aos novos bólidos. Além disso, Sebastian espera ver um maior número de abandonos em relação aos anos anteriores. 
 
“Sendo parte do time, você percebe o tamanho das mudanças que vamos encarar esta temporada. Como sempre, quanto maiores as mudanças, maior o tempo leva para pilotos, engenheiros, as pessoas na fábrica se adaptarem aos novos desafios”, opinou. “Por isso, acho que provavelmente veremos mais abandonos do que estamos acostumados, pois, obviamente, entendíamos o carro bastante bem – e isso vale para todos os times. Agora tudo é novo, então acho que erros vão acontecer para todos”, continuou. 
 
“A pergunta é quem cometerá menos erros. Obviamente, a meta é não cometer o mesmo erro duas vezes, mas claro que todos nós teremos que aprender e, portanto, coisas vão acontecer, tenho certeza, mas acho que é normal depois de uma mudança tão grande”, finalizou o germânico.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube