Com novos donos, Force India promete nova mudança de nome até dezembro para atender prazo da FIA

No fim das contas, o nome Racing Point Force India é provisório. Otmar Szafnauer, chefe da equipe, revelou que até dezembro a nova gestão vai registrar o novo nome junto à FIA, que precisa aprovar a nomenclatura de 2019

A adição do Racing Point ao nome da Force India não é a única mudança prevista pela nova gestão da equipe. Otmar Szafnauer, chefe da esquadra, confirmou neste sábado (20) a intenção de mudar novamente a nomenclatura para a disputa da temporada 2019.
 
A Force India precisa definir o novo nome até dezembro, quando o Conselho Mundial da FIA [Federação Internacional de Automobilismo] vai debater a aprovação do novo nome.
 
“O plano é esse [fazer um pedido para mudança de nome], para garantir que aconteça dentro do prazo para o próximo ano. Quando eu souber [o novo nome], eu conto”, disse Szafnauer em Austin, palco do GP dos Estados Unidos desse fim de semana.
A Force India vai ganhar um novo nome (Foto: Racing Point Force India)

A mudança deve significar o fim definitivo do nome Force India na F1. O termo é utilizado desde 2008, quando Vijay Mallya iniciou a operação. O processo de falência em agosto e a subsequente venda para grupo de empresários liderado por Lawrence Stroll tornou o nome indiano obsoleto. A troca de nome já era um desejo antigo de uma esquadra que queria se dissociar da imagem de Mallya, foragido da justiça indiana.

 
“O processo [de troca de nome] vai ser mais simples. Acho que nos últimos anos uma das maiores questões era a venda da equipe. Já superamos isso, então fica mais fácil. Só precisamos pensar no nome certo, um que vai durar por bastante tempo”, continuou.
 
A equipe de Silverstone não pôde abrir mão por completo do nome Force India ainda em 2018 para poder continuar no grid da F1, mesmo com novos donos – daí o novo nome, Racing Point Force India. A manobra, todavia, não impediu a equipe de perder todos os pontos de Construtores somados até o GP da Hungria, precisando buscar a recuperação do GP da Bélgica em diante.

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP dos Estados Unidos de F1 neste fim de semana com a repórter Evelyn Guimarães.

E o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube