Confira declarações dos pilotos após sexta-feira de treinos livres do GP da Itália de 2019

Com 1min20s978, Charles Leclerc garantiu a liderança do primeiro dia de testes para o GP da Itália de Fórmula 1. 0s068 mais lento, Lewis Hamilton fez o segundo tempo, com Sebastian Vettel fechando o top-3 em Monza

Charles Leclerc foi o mais rápido no primeiro dia de treinos para o GP da Itália. O vencedor do GP da Bélgica cravou 1min20s978 na tarde desta sexta-feira (6) e ficou com o topo da tabela no segundo treino em Monza, 0s068 melhor que Lewis Hamilton, o segundo colocado. 0s201 mais lento que o companheiro de Ferrari, Sebastian Vettel fecha o top-3.
 
Com 1min21s347, Valtteri Bottas fez o quarto tempo, seguido por Max Verstappen e Alex Albon. Já 1s146 atrás do líder, Pierre Gasly ficou em sétimo, com Romain Grosjean, Daniel Ricciardo e Daniil Kvyat formando o top-10 da sessão vespertina.
Charles Leclerc (Foto: Ferrari)
Paddockast #32
AS PISTAS MAIS PERIGOSAS DO MUNDO

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

1s360 mais lento que o ponteiro, Nico Hülkenberg ficou com o 11º tempo, seguido por Carlos Sainz Jr., Kevin Magnussen, Kimi Räikkönen, Lance Stroll, Sergio Pérez, Antonio Giovinazzi, Lance Norris, Robert Kubica e George Russell. 
 
Confira declarações dos pilotos:
 
 
 
 
 
Alexander Albon (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Alexander Albon, sexto: “Houve algumas batidas hoje, já que essa pista pode ficar bem escorregadia quando chove, particularmente com toda a seiva das árvores lavando a pista. Enfrentamos condições mistas, então começamos bem devagar, mas fomos construindo nossa confiança ao longo do dia. Esperamos condições parecidas no domingo, então é por isso que todo mundo estava tentando fazer algumas voltas [no molhado]. Achei que as simulações em ritmo de classificação foram mais positivas do que em ritmo de corrida e, depois de hoje, tenho uma melhor ideia sobre as coisas que eu preciso mudar e trabalhar para a corrida domingo. Claro, não é fácil acertar [o carro] para baixo downforce, os freios se comportam de forma diferente, mas no geral não me senti tão mal. Estou simplesmente buscando me encontrar e por isso é importante deixar tudo certo. Vamos ver o que o amanhã vai trazer, mas depois de tudo hoje estou me sentindo bem.”

Pierre Gasly, sétimo: “Foi um bom primeiro dia no carro com algumas voltas no placar. Me sinto mais confortável com o carro agora e nós conseguimos fazer algumas voltas com os pneus de chuva esta manhã para testarmos coisas diferentes, especialmente para eu ter um bom feeling com este carro no molhado, o que foi bom. Tivermos a primeira sessão efetivamente com pista seca no TL2, que eu diria que foi bem positiva, terminando com o sétimo melhor tempo da sessão. Nosso ritmo de long-run foi forte, então parece bom, ainda que a gente saiba que vamos começar atrás no domingo, mas, no momento, estou feliz com o carro. Se conseguirmos encontrar um pouco mais de ritmo, podemos ter uma corrida empolgante”.
 
Romain Grosjean, oitavo: “Na verdade, foi um dia bem bom. A tarde correu bem. De manhã, nós tentamos um pouco com os intermediários. Não acho que tenhamos sido muito competitivos, o acerto não estava completamente ajustado para o molhado. Para ser sincero, a tarde foi uma surpresa, não esperava estar confortável assim no carro. O ritmo do carro foi bom, o feeling com o carro foi bom, foi agradável. Nós fizemos um long-run, então fiquei feliz com isso. Foi um dia bom, tomara que isso continue amanhã”.
 
Daniel Ricciardo, nono: “Sempre é divertido em Monza e é bom estar de volta. Foi um dia bastante positivo e foi bom conseguir umas voltas no molhado. A manhã correu relativamente bem e a tarde foi sólida. Provavelmente conseguimos andar mais do que esperávamos, já que o clima parecia pior no radar. Fiquei feliz por acumular voltas, e o carro parece bom. Estou confortável no seco e no molhado e agora temos uma boa base para os acertos."
 
Daniil Kvyat, décimo: “Acho que tivemos uma sexta-feira decente para cobrir bastante milhagem. Conseguimos completar nosso programa e o carro está se comportando bem. Acho que podemos otimizar o pacote ainda mais amanhã e ver se podemos tirar um pouco mais dele. No geral, fiquei bem satisfeito com a maneira como o dia correu, então precisamos trabalhar bem esta noite para seguir melhorando o carro”.
 
Nico Hülkenberg, 11º: “O dia foi ok, mesmo que nossos planos tenham sido interrompidos pelo clima. Como um todo, tudo correu bem. Me senti confortável no carro desde a manhã. A base que temos passa uma sensação boa e já fizemos as mudanças de costume aqui e ali. Como um todo, está tudo bem e fiquei feliz o suficiente no molhado e no seco. Vou receber o clima do jeito que vier.”
 
Carlos Sainz Jr., 12º: “Foi uma sexta-feira positiva, com um ritmo encorajador no molhado e também com os slicks. Não estou totalmente certo de onde estamos, porque não usei o composto macio no TL2, então vamos ver onde ficamos na classificação de amanhã. O carro se comportou bem e estou feliz com a nossa base. Sempre tem margem de melhora, então vamos trabalhar essa noite”.
 
Kevin Magnussen, 13º: “Foi um bom dia, testamos pista molhada e seca. Foi ok nas duas. Foi um pouco complicado com os tempos, então não estou focando muito na classificação. O feeling foi bom no long-run, correu bem. O carro na verdade pareceu bom e tinha alguma aderência. Não foi nada insano, mas foi bem bom ainda assim. No geral, não foi um dia ruim”.
 
Kimi Räikkönen, 14º: “Não foi um ótimo início com a minha batida no TL1, mas, para ser honesto, nós realmente não perdemos um tempo precioso, já que as condições mistas continuaram e, portanto, ninguém pôde realmente fazer um trabalho adequado. Foi a mesma coisa de tarde, então ainda que o carro tenha parecido bom e nós tenhamos feito um bom tempo de volta, temos de esperar até amanhã para ver exatamente onde estamos”.
McLaren_LandoNorris_76
Lance Stroll, 15º: “O dia ficou conturbado por causa do clima. Não conseguimos muitas voltas, então é difícil dizer onde estamos em relação aos outros. É uma pena para os fãs que vieram para ver carros na pista, as condições mistas tornaram tudo mais desafiador e mesmo durante a tarde, quando colocamos os pneus de pista seca, começou a garoar. Muitos dos caras fizeram as voltas rápidas no começo da sessão, com pista seca, mas nós estávamos com pneus duros nessa hora. Quando fomos para o pneu de classificação, começou a chover e não conseguimos mostrar tudo que temos.”
 
Sergio Pérez, 16º: “Não foi um bom dia. Começou mal com uma batida no TL1. No TL2, não perdemos nada, já que saímos logo de cara. Então temos uma boa informação para amanhã e poderemos reduzir a distância na classificação. Não temos realmente uma ideia de onde estamos e as condições tornam as coisas muito diferentes amanhã. Amanhã vai ser outro dia para aprendermos bastante no TL3, já que não tinha muito para aprender hoje”.
 
Antonio Giovinazzi, 17º: “As condições não foram ideias hoje: a chuva tornou as coisas um pouco complicadas, mas, no fim, é a mesma coisa para todo mundo e foi bom fazer algumas voltas no molhado. Vai ser interessante ver o que o clima vai fazer amanhã e no domingo, mas o nosso foco não vai mudar: nós só precisamos trabalhar para chegar onde queremos. A classificação será apertada mais uma vez. Vamos forçar para encontrar o melhor acerto esta noite e conseguir um bom resultado na classificação”.
 
Lando Norris, 18º: “Foi um dia um pouco complicado. O Tl1 não foi ruim. A pista estava secando, então não foi como se pudéssemos testar de verdade. A pista estava ficando mais e mais seca. Mas o carro pareceu bem bom, bem confortável e, pelo pouco que rodamos no molhado, fiquei bem feliz. Obviamente, o TL2 não foi como planejamos. Saí para uma volta no início, mas aí tivemos um vazamento de óleo, então tínhamos de resolver, o que fez com que eu só pudesse sair para os últimos 20 minutos ou algo assim, e usei todas aquelas voltas só para pegar velocidade. Foram as primeiras voltas que fiz no seco, então queria forçar e sentir o limite do carro, mas, ao mesmo tempo, estava tentando entender onde frear e coisas assim. Então, foi um pouco complicado no geral, mas tiveram algumas coisas produtivas”.
 
Robert Kubica, 19º: “Hoje o clima foi um fator importante e, por isso, rodamos em condições de pista molhada e seca. O ritmo está dentro do esperado. Monza é uma pista de alta velocidade e não somos os reis aqui. O carro pareceu melhor do que no ano todo, o que é surpreendente, já que é um circuito onde você normalmente tem dificuldade para acertar logo de cara. Entretanto, os fãs italianos criam uma boa atmosfera e é bom voltar a correr em Monza”.
 
George Russell, 20º: “Hoje foi meio inconveniente com o clima, mas a cada volta na pista você aprende alguma coisa. O TL1 foi uma sessão bem construtiva para nós, já que fizemos uma comparação com baixo downforce e o padrão. No TL2 foi positivo com o long-run. Não fiquei muito satisfeito comigo mesmo com pouco combustível, mas, no geral, acho que tiramos o máximo de um dia complicado”.
 
O GP da Itália de F1 está marcado para o domingo (8), às 10h10 (de Brasília). Acompanhe a cobertura AO VIVO e EM TEMPO REAL do GRANDE PRÊMIO.

#GALERIA(9898)
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube