Confira estratégia de pneus utilizada por cada piloto durante GP da Malásia deste domingo

Tabela mostra o sumário das paradas nos boxes efetuadas pelos 22 pilotos que participaram da corrida em Sepang

O GP da Malásia causou uma grande polêmica neste domingo (24) com a desobediência de Sebastian Vettel à ordem da Red Bull de não atacar Mark Webber durante a parte final da corrida. O alemão acabou vencendo, mas depois se arrependendo. Os dois pilotos da equipe tricampeã tiveram estratégia semelhante nos pits, parando quatro vezes. Confira as táticas de cada piloto durante a corrida em Sepang:

    Largada                
 1 Sebastian VETTEL
 
5
 
22
 
32
 
42
 2 Mark WEBBER 7
 
19
 
31 43
 3 Lewis HAMILTON
 
7
 
21
 
30
 
41
 4 Nico ROSBERG
 
8
 
22
 
31 42
 5 Felipe MASSA
 
5
 
20
 
33
 
47
 6 Romain GROSJEAN
 
7
 
20
 
35    
 7 Kimi RÄIKKÖNEN
 
6
 
21
 
34    
 8 Nico HÜLKENBERG
 
7
 
21
 
34 44
 9 Sergio PÉREZ
 
7
 
22
 
33 54
10 Jean-Éric VERGNE 7
 
26
 
43    
11 Valtteri BOTTAS
 
6
 
22
 
40    
12 Esteban GUTIÉRREZ 7
 
22
 
36
 
51
13 Jules BIANCHI
 
6
 
17
 
29
 
43
14 Charles PIC
 
7 20
 
32
 
43
15 Giedo VAN DER GARDE
 
6 18
 
28
 
42
16 Max CHILTON
 
6
 
19
 
31
 
41
17 Jenson BUTTON
 
7
 
21
 
35    
18 Daniel RICCIARDO
 
6
 
19
 
33    
  Pastor MALDONADO
 
6
 
13
 
32    
  Adrian SUTIL 6
 
22        
  Paul DI RESTA 6 20        
  Fernando ALONSO                
                     
  Pneu médio                
  Pneu duro                
  Pneu intermediário                

As informações do GP da Malásia em tempo real
A classificação do Mundial de Pilotos
A classificação do Mundial de Construtores
As imagens deste domingo na Malásia

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube