Consultor admite que contratação de Hartley foi fora do padrão da Red Bull, mas justifica: “Não tínhamos pilotos prontos”

Consultor da Red Bull, Helmut Marko reconheceu que a escalação de Brendon Hartley para a vaga na Toro Rosso fugiu ao padrão da marca dos enérgicos. Dirigente considerou que a companhia austríaca é diferente e tampouco tinha pilotos prontos para a função

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Consultor da Red Bull, Helmut Marko reconheceu que a contratação de Brendon Hartley fugiu ao tradicional padrão de seleção da companhia dos energéticos. O neozelandês assumiu a vaga de Daniil Kvyat na Toro Rosso em meados da temporada.
 
Falando ao site oficial da F1, Marko avaliou que a Red Bull recorreu a um “novato maduro” por ser diferente e não ter nenhum de seus jovens pilotos prontos para a função.
Consultor da Red Bul considerou Brendon Hartley um "novato maduro" (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Só posso dizer que a Red Bull é diferente, então por que não ter um novato maduro?”, questionou. “E nós não tínhamos nenhum dos nossos pilotos júnior prontos, então demos uma olhada ao redor”, seguiu.

 
“O fato é que Brendon parece alguém de 20 anos, talvez nós até possamos vendê-lo como um adolescente!”, comentou. “No entanto, sim, contratar Brendon foi fora da norma ― uma história diferente ― e estamos felizes com ele”, afirmou.
 
Depois de uma mudança total na escuderia de Faenza, Marko se mostrou confiante no potencial de Hartley e Pierre Gasly na temporada 2018 da F1.
 
“A Toro Rosso começou de forma razoável, aí tiveram inacreditáveis problemas de confiabilidade… inacreditáveis”, insistiu. “Além disso, em termos de desenvolvimento do carro, não foi como deveria ser”, reconheceu.
 
“Agora eles estão focados no próximo ano e na cooperação deles com a Honda. Desde o anúncio, todos os esforços deles foram nesse sentido”, declarou. “Os pilotos? Todos os pilotos com que o time começou a temporada foram embora no fim”, disse rindo.
 
“[Carlos] Sainz foi emprestado à Renault, Kvyat se foi, então a Toro Rosso teve de recomeçar em meados da temporada com duas páginas em branco. Acho que, nessas circunstâncias, Gasly e Hartley foram realmente bem”, avaliou. “E a boa notícia é que Brendon não tem de se dividir mais entre Porsche e F1, então tenho certeza de que no próximo ano a Toro Rosso tem uma dupla de pilotos muito promissora”, concluiu.
EM BUSCA DO SONHO DA F1

PIETRO FITTIPALDI REVELA QUE NEGOCIOU COM A SAUBER PARA 2018

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube