Consultor da Red Bull perde paciência com quebra “incompreensível” do motor Renault e dispara: “Andamos para trás”

Dizer que o consultor da Red Bull Helmut Marko não está feliz com a unidade de força fornecida pela Renault seria estar abaixo do realismo. Marko se mostrou irritado após os problemas encarados por Daniel Ricciardo nos treinos livres no Albert Park


É seguro dizer que a Red Bull segue sem estar muito satisfeita com a parceira Renault. Após as atividades desta sexta-feira (13), o consultor Helmut Marko se mostrou impaciente com a montadora francesa após os problemas de Daniel Ricciardo em Melbourne.
 
Para Marko, o problema que Ricciardo teve no propulsor da unidade de força foi impossível de entender, já que o australiano não havia andado muito. Depois disso, o carro #3 nem voltou à pista. O consultor chamou a diferença para os adversários mais rápidos de "assustadora". 
 
"A unidade de força quebrou depois de 50 km, o que é incompreensível, especialmente por o motor térmico não poder ser reparado e só podermos usar quatro deles durante a temporada", disse o revoltado Marko.
 
"O controle do motor também piorou significativamente em relação aos testes. Queríamos uma melhora e demos um passo para trás. A diferença para os da frente é assustadora", complementou.
Helmut Marko no box da Red Bull (Foto: Getty Images)
O chefe da Red Bull, Christian Horner, corroborou as críticas dizendo que a potência do motor não mudou em relação ao final da temporada passada.
 
"Apesar da situação das promessas da Renault de aumentar o desempenho durante o inverno, a força atual do motor é a mesma que tivemos em Abu Dhabi ano passado", falou.
 
Além de Ricciardo, Max Verstappen também teve um problema, esse na bateria. Ambos não devem ter problemas em inciar o TL3, à 0h (de Brasília) do sábado. 

As imagens da sexta-feira do GP da Austrália
#GALERIA(5242)

SOBRANDO NA TURMA

A Mercedes comandou com grande facilidade o segundo treino livre nesta sexta-feira (13) em Melbourne, palco da abertura da temporada 2015 da F1 . Nico Rosberg de novo foi o mais veloz e fechou o dia com uma diferença de 0s1 para o companheiro Lewis Hamilton, o segundo colocado da tabela. Felipe Massa não treinou por causa de um vazamento de água em sua Williams. Já Felipe Nasr teve a chance de finalmente andar com a Sauber e foi o 11º

QUEM É QUEM

Na terceira parte do Guia F1 2015, o GRANDE PRÊMIO faz um raio-X de cada uma das dez equipes do grid para o Mundial que começa neste fim de semana na Austrália, na pista de Melbourne, e que marca a 66ª temporada da história da F1.

O especial também traz as fichas completas dos 22 (!!!) pilotos que vão disputar o título mundial nas 19 ou 20 corridas previstas pelo calendário deste ano. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube