F1

De 13º para sexto, Sainz festeja fase da McLaren: “Estamos nos dando bem”

Em grande fase junto com a McLaren, Carlos Sainz repetiu o resultado obtido nos GPs da França e da Áustria e marcou pela terceira vez seguida o sexto lugar. Em Silverstone, neste domingo (14), o espanhol empreendeu uma boa reação depois de ter largado em 13º. No fim, travou grande batalha com Daniel Ricciardo, da Renault, e levou a melhor

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré
A forma exibida por Carlos Sainz nas últimas corridas do campeonato é a personificação da grande fase vivida pela McLaren em 2019. O espanhol cumpriu mais uma grande jornada no ano e, depois de largar no GP da Inglaterra deste domingo (14) em 13º, evoluiu ao longo da prova, teve paciência para acelerar na hora certa, ganhou posições importantes com o safety-car e, no fim, ainda segurou a Renault de Daniel Ricciardo. Resultado: sexto lugar pela terceira vez seguida, repetindo o que já havia feito nos GPs da França e da Áustria.
 
Em dez corridas já disputadas em 2019, a McLaren praticamente iguala o que conquistou ao longo de toda a temporada passada. São 60 pontos somados no Mundial de Construtores, sendo 38 de Sainz e 22 de Lando Norris, que terminou em 13º na corrida deste domingo. Em 2018, após 21 corridas, a equipe de Woking marcou um total de 62 pontos.
 
Sainz conseguiu superar as Alfa Romeo de Antonio Giovinazzi e Kimi Räikkönen logo na primeira volta, e aí ficou na 11ª colocação, subindo o pelotão na esteira das paradas para troca de pneus. O espanhol aproveitou a entrada do safety-car, na volta 20, para fazer seu pit-stop e ir até o fim da corrida. Daí em diante, não saiu mais do top-10, permaneceu em sétimo e tirou proveito do revés sofrido por Sebastian Vettel, ganhando assim mais uma posição na prova.
Carlos Sainz foi novamente bem neste fim de semana em Silverstone (Foto: McLaren)
“Acabou sendo uma boa corrida. Especialmente com a largada, sempre foi o plano passar as duas Alfa Romeo na primeira volta ou no primeiro stint ou nas três primeiras voltas, mas passamos por eles”, declarou o dono do carro #55 pouco depois da prova, em entrevista coletiva.
 
“Sabíamos que tínhamos um ritmo melhor e, então, a partir daí, foi controlar, controlar, simplesmente controlar. Controlar os pneus médios, não ficar tão empolgado em [brigar] com os caras da frente. Deixei os [da frente] desgastarem [os pneus] e acelerei ao máximo antes do safety-car”, explicou.
 
Quando passou a usar os pneus duros no stint final, Sainz reportou uma dificuldade nas voltas iniciais, que foram sanadas na sequência da corrida. “Estávamos com os pneus corretos. As primeiras voltas foram bem escorregadias e não tínhamos a traseira, então fui bem cauteloso. Cumprimos o plano”.
 
Sobre a disputa com Daniel Ricciardo, travada no fim da corrida, Sainz se mostrou feliz por ter finalizado na frente, mas alertou a McLaren para alguns pontos importantes. Como evoluir em curvas mais lentas.
 
“Curti a briga com ele. Ele tinha um pouco mais de velocidade. Ele estava me alcançando nas retas, mas nós estávamos rodando com mais asa. Fomos mais fortes nas curvas. Estamos trazendo atualizações a cada segundo. Precisamos melhorar o carro em baixa velocidade porque isso vai nos dar vantagem”, disse.
 
No fim das contas, o sentimento que fica é de animação com mais um bom resultado no campeonato. “Definitivamente, estamos nos dando muito bem. Me diverti muito com isso. Estamos alinhados com o que nós falamos sobre o carro. Foi parecido... Na Áustria e em Paul Ricard nós fomos o quarto [time] mais rápido e aqui foi um despertar sobre o que precisamos trazer em termos de baixa velocidade”, concluiu.

Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.