Depois de pré-temporada difícil, dono admite que “domínio da Red Bull talvez tenha chegado ao fim”

Dietrich Mateschitz admitiu que o domínio da Red Bull talvez tenha chegado ao fim na F1. Falando às vésperas do início do Mundial e depois de todos os problemas que o time enfrentou na pré-temporada, o empresário se mostrou confiante também na volta por cima e entende que a equipe vai conseguir recuperar terreno

 


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Dono da equipe mais vitoriosa dos últimos quatro anos na F1, Dietrich Mateschitz admitiu que o domínio da equipe austríaca talvez tenha chegado ao fim na F1. O time comandado por Christian Horner ainda lida com um problemático RB10, que apresentou diversas falhas e pouco testou durante a pré-temporada.

Às vésperas do início do Mundial, Mateschitz reconheceu a difícil fase de sua esquadra, mas se mostrou confiante no talento do tetracampeão de Sebastian Vettel e no trabalho de todo o grupo em Milton Keynes para recuperar o terreno perdido.


Sebastian Vettel deu apenas meia volta neste sábado em Sakhir (Foto: Getty Images)


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});



"Sebastian teve nos últimos quatro anos e meio um carro absolutamente vencedor na Red Bull", disse o empresário ao jornal italiano 'La Gazzetta dello Sport'. "Ou seja, Vettel sempre teve um carro vencedor e também terá de se adaptar a essa nova situação, que não é fácil", completou.

"Não acho que Seb terá problemas para lidar com essa condição atual. Ele, assim como toda a equipe, terá de aceitar as regras e encarar este novo desafio", acrescentou.

Mateschitz, embora reconheça a pouca força de sua equipe no momento, também se disse contente por ver que, por conta do novo regulamento, a F1 terá a chance de viver um campeonato mais disputado em 2014.

"Há dois corações batendo no meu peito. Como fã da F1, estou realmente feliz em ver que o Mundial está quente novamente e que talvez o nosso domínio tenha chegado ao fim. Do ponto de vista da minha responsabilidade quanto ao papel diante de nossa equipe, eu vejo que precisamos analisar os últimos fatos e que temos de aceitar as dificuldades e tentar superá-las", concluiu.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube