Diretor da Ferrari elogia Mick Schumacher: “Está confirmando sua velocidade na Haas”

Laurent Mekies, diretor-esportivo da Ferrari, elogiou o trabalho feito por Mick Schumacher no seu debute na Fórmula 1

Paddock GP #261 faz prévia de retorno da Fórmula 1 aos Estados Unidos

Em sua primeira temporada como piloto titular de Fórmula 1, Mick Schumacher ainda busca seu primeiro ponto na maior categoria do automobilismo. No entanto, a aura ao redor de seu sobrenome inevitavelmente liga o alemão à Ferrari, escuderia na qual seu pai, Michael Schumacher, conquistou cinco de seus sete títulos mundiais e se consagrou como uma das maiores lendas da história do esporte. Agora, é o desempenho do jovem herdeiro — e membro da Academia Ferrari desde 2019 — que vem sendo observado de perto pela equipe de Maranello.

“Em sua temporada de estreia na F1, Mick está confirmando a velocidade e os valores que o destacaram em sua jovem carreira”, afirmou Laurent Mekies, diretor-esportivo da Ferrari, ao periódico espanhol Marca.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Velocidade, determinação, esforço e desejo de aprender. São algumas das características que ele revelou ainda em nossa Academia e que também começou a demonstrar na Haas”, disse.

Mick Schumacher recebeu elogios do diretor-esportivo da Ferrari (Foto: Haas)

Atualmente, a dupla da Ferrari é formada por Carlos Sainz e Charles Leclerc, considerado prodígio da Academia Ferrari e que chegou com pompas à F1, imediatamente entregando resultados. O processo feito com o monegasco foi parecido com o de Schumacher: enquanto o alemão foi emprestado à Haas para ganhar experiência, Leclerc pilotou pela Sauber antes de garantir um assento na Ferrari.

O problema para Leclerc é que Sainz, recém-contratado pela escuderia para 2021, vem demonstrando desempenho muito próximo ao do colega, talvez até um pouco superior — o espanhol tem 0,5 ponto a mais na tabela.

Atualmente, Schumacher pilota o carro mais lento do grid, pela Haas, e pode ser comparado apenas a seu companheiro de equipe, o russo Nikita Mazepin, também estreante. O alemão de 22 anos só terminou duas corridas atrás de Mazepin: os GPs de Mônaco e Inglaterra.

Em todos os outros — exceto o GP da Rússia, quando abandonou — cruzou a linha de chegada à frente do russo. Além disso, Mick já conseguiu ir duas vezes ao Q2, em França e Turquia, enquanto o companheiro ainda tenta passar do Q1 pela primeira vez.

Mick Schumacher foi ao seu segundo Q2 na Fórmula 1 durante a classificação para o GP da Turquia (Foto: Haas)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A próxima etapa da temporada 2021 da Fórmula 1 acontece neste fim de semana com a disputa do GP dos Estados Unidos, no Circuito das Américas. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Sergio Pérez e Lewis Hamilton travaram grande duelo no GP da Turquia (Vídeo: F1)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar