Diretor da Renault destaca progresso em crise de motores: “Tivemos problemas, mas evoluímos”

Rob White, diretor da Renault, comentou as melhorias no motor e afirmou que fornecedora trabalha em duas frentes: uma visando os testes em Sakhir, outra já mira a temporada que começa em Melbourne

Rob White, diretor da Renault, comentou neste sábado (22) a rotina corrida dos franceses para alcançar as adversárias no início do campeonato. Segundo ele, a marca trabalhou focada em melhorar o sistema de recuperação de energia, visando a próxima semana de testes e a primeira prova da temporada.

Para White, o desempenho dos novos motores V6 ainda é muito mais fraco do que deveria ser, mas a evolução é notável.

“Tivemos alguns problemas, mas, com certeza nós evoluímos. As mudanças melhoraram o sistema de energia e ganhamos alguma quilometragem. Aconteceram alguns problemas por nossa culpa, outros por culpa dos chassis, mas as equipes puderam ganhar alguma experiência. Ainda não estamos com a performance que esperávamos, mas estamos no caminho certo e temos uma base para trabalhar”, disse.

O inglês elencou as dificuldades enfrentadas pela Renault neste início de ano, mas garantiu que todos estão trabalhando duro para alcançar Mercedes e Ferrari.

“Estamos um pouco atrasados por termos enfrentado problemas no sistema de energia, tivemos muitos incidentes, falhas, então demoramos para conseguir trabalhar na parte da performance do motor. Estamos trabalhando duro, vamos acelerar ainda mais para reduzir a vantagem das outras fornecedoras”, explicou.

A Renault corre contra o tempo para evoluir seus motores V6 (Foto: Renault Sport)

O britânico finalizou garantindo que agora o trabalho acontece em duas frentes, com foco na próxima semana de testes em Sakhir, mas sem deixar para trás o trabalho nos motores que participarão da etapa inaugural da temporada, em Melbourne.

“O trabalho entre os testes aqui no Bahrein tem de ser rápido. Além de buscarmos melhorias para agora, já iniciamos os acertos nos motores que serão utilizados no GP da Austrália. A boa relação que temos com nossos parceiros vai nos ajudar muito”, concluiu.

A Renault conseguiu, nesta semana, completar um número razoável de voltas, ainda que bem abaixo das demais fornecedoras. Neste sábado (22), Pastor Maldonado registou o melhor tempo de um carro com o motor francês no Bahrein: 1min38s707.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube