Diretor da F1 celebra “disputa aberta” entre Hamilton e Verstappen na reta final de 2021

Ross Brawn, diretor-esportivo da F1, celebra a disputa que "segue acontecendo" para o título da F1 em 2021, entre Max Verstappen e Lewis Hamilton

F1: HAMILTON x VERSTAPPEN: DISPUTA INTENSA NA F1 A 2 PROVAS DO FIM | Paddock GP #269

A duas corridas para o fim da temporada da Fórmula 1 2021, apenas oito pontos separaram Max Verstappen, líder do Mundial de Pilotos, de Lewis Hamilton, vice-líder. E, em vista da temporada completamente imprevisível, é justamente por isso que Ross Brawn, diretor-esportivo da F1, crê que ter a disputa do título ainda acontecendo é um dos fatores mais interessantes e empolgantes do ano.

“O que é ótimo neste campeonato é que lidamos com mudanças constantes de poder. Tivemos um período em que você pensava que a Red Bull ia garantir o título, e então a Mercedes voltou à briga”, disse Brawn. “São apenas oito pontos com duas corridas e um máximo de 52 pontos na mesa. A disputa pelo título segue acontecendo”, acrescentou.

É verdade que o holandês chegou ao Catar com um vantagem de 14 pontos sobre o piloto da Mercedes. No entanto, graças a um desempenho incrível do dono do carro #44, desde a classificação à corrida, a distância caiu para oito tentos do taurino. Brawn elogia a “linda” prova de Hamilton e confessa: o britânico “merecia a vitória”.

LEWIS HAMILTON; GP DO CATAR; MAX VERSTAPPEN; F1; FÓRMULA 1;
Lewis Hamilton em viés de alta contra Max Verstappen na reta final da F1 2021 (Foto: Mark Thompson/Getty Images/Red Bull Content Pool)

 “Ele entrou na pista muito bem e apresentou o tipo de desempenho que esperávamos. No dia da corrida, ele não errou e mereceu muito a vitória. Deixou o campeonato ainda mais equilibrado do que antes”, comentou.

Brawn também fala sobre Verstappen. Para ele, a recuperação do piloto da Red Bull foi “admirável”, já que ele sofreu uma punição de cinco posições no grid de largada por violar bandeiras amarelas durante a classificação — isso, vale lembrar, às vésperas da prova no domingo.

“Max também fez uma ótima corrida. Tive a sensação de que Lewis tinha tudo sob controle, mas quem sabe? Com ​​a largada que Max fez, se ela tivesse partido da primeira fila do grid, poderíamos ter visto uma disputa mais acirrada”, seguiu.

“São as pequenas coisas nesta fase do campeonato que vão fazer pender a balança. Foi uma limitação de danos para Max, e ele fez o melhor trabalho que poderia ter feito largando do sétimo lugar no grid”, concluiu.

F1 NO CATAR: HAMILTON VENCE, VERSTAPPEN 2°, ALONSO NO PÓDIO | Briefing

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar