Diretor da FIA diz que transmissão de conversa entre F1 e equipes reduziu “tráfego de rádio”

Michael Masi considerou que o início da divulgação das conversas fez com que as equipes modificassem a maneira como utilizam o recurso. O dirigente garante, porém, que a novidade não interfere no trabalho dos comissários

Verstappen domina e vence na casa da Red Bull: os melhores momentos do GP da Estíria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Diretor de provas da Fórmula 1, Michael Masi acredita que as equipes modificaram o uso que fazem da comunicação via rádio depois que essas conversas passaram a ser divulgadas na transmissão. O dirigente acredita que os chefes agora pensam duas vezes antes de fazer qualquer pergunta.

Desde o GP da Espanha, no início de maio passado, a F1 passou a divulgar na TV as mensagens trocadas entre os chefes de equipe e a direção de prova, similar ao que já acontecia nas conversas entre os times e os pilotos.

As mensagens entre as equipes e a direção de prova agora são divulgadas na TV (Foto: Mark Thompson/Getty Images)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Questionado se as equipes estão ‘fazendo drama’ no rádio agora que a comunicação é transmitida na TV, Masi avaliou que o sistema está sendo menos usado agora.

“Para ser justo, acho que cada equipe esportiva, não é diferente na F1, vai utilizar o rápido sabendo que está lá”, disse Masi. “Faz muito tempo que isso está lá, mas, obviamente, só agora é transmitido. No muito, agora que as equipes sabem que é transmitido, provavelmente diminuiu o tráfego de rádio no controle de prova e, talvez da perspectiva da equipe, isso está fazendo com que eles pensem duas vezes antes de fazerem qualquer pergunta”, ponderou.

Masi, no entanto, acredita que a novidade não influencia quando se trata das decisões dos comissários.

“Os comissários na verdade não escutam nenhuma dessas comunicações entre eu e as equipes, e não escutam os comentários das corridas da também”, explicou. “Então eles não ficam cientes disso de nenhuma maneira ou formato”, encerrou.

OPINIÃO GP
Red Bull inverte papéis, vira melhor equipe e vê Mercedes de mãos atadas

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar