Ecclestone define data para aposentadoria da F1: três anos após venda para grupo Liberty Media

Bernie Ecclestone já fala abertamente em um afastamento definitivo da F1. O dirigente britânico quer acompanhar a categoria por mais três anos, auxiliando na chegada do Liberty Media, grupo que deve assumir a condição de acionista majoritário do esporte

O afastamento definitivo de Bernie Ecclestone do comando da F1 parece ser uma realidade concreta. O dirigente britânico, consciente de que seu tempo na ativa está perto do fim, já estipula que os próximos três anos serão seus últimos como todo-poderoso da categoria.
 
A vontade de ficar mais três anos na F1 tem a ver com a venda da categoria. O grupo CVC, dono de 35% da categoria, optou por abandonar o certame. Assim, as negociações estão avançadas para que o Liberty Media compre a parcela e assuma a condição de acionista majoritário.
Bernie Ecclestone está pronto para se afastar (Foto: Getty Images)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Quando a venda se concretizar, Bernie quer estar por perto para auxiliar na transição de donos.
 
“Eles querem que eu fique por aqui mais três anos. Por conta de todas as coisas que estão acontecendo, eles (CVC) querem que eu ajude em tudo que eu puder. Eu não posso me afastar nem por cinco ou seis dias”, explicou Ecclestone em entrevista à agência Reuters.
 
A série de negociações ao longo das últimas semanas deve ser suficiente para fechar os últimos detalhes do acordo. A batida final do martelo deve acontecer ainda na primeira metade de setembro, encerrando uma venda estimada em R$ 27 bilhões.
 
A venda deve iniciar uma nova fase na F1. A negociação com um grupo de mídia faz os fãs de automobilismo acreditarem que a categoria vai rever sua forma de lidar com o público, tida como arcaica.
 
“Eles parece capaz de fazer muitas coisas com mídia social, coisas que eu não fiz. Eles lidam com comerciais com seus caras da TV. Nós vamos nos acertar”, finalizou.
PADDOCK GP #45 COMENTA FIM DE SEMANA COM F1, INDY, MOTOGP E WEC

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube