Empresário de Räikkönen, David Robertson morre aos 70 anos vítima de câncer nos EUA

David Robertson, um dos empresários de Kimi Räikkönen, morreu aos 70 anos, vítima de câncer. Ele estava em um hospital nos EUA para o tratamento da doença

David Robertson, um dos empresários de Kimi Räikkönen, morreu aos 70 anos, vítima de câncer, na noite desta quarta-feira (5). Robertson estava hospitalizado nos EUA para o tratamento de um câncer na laringe, de acordo com a emissora finlandesa MTV3.

David Robertson (direita) foi empresário de diversos pilotos na F1 (Foto: Getty Images)

O agente, que trabalhava em parceria com o filho Steve, também foi responsável por levar Jenson Button à F1, além de gerenciar a carreira de vários outros pilotos no Mundial.

"É muito triste saber que David Robertson, homem que me ajudou a alcançar o sonho de correr na F1, morreu", escreveu Button em seu perfil no Twitter.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube