Engenheiro de Massa diz que sabia de acidente arquitetado em 2008: “Fácil de concluir”

Rob Smedley afirmou que, ao assistir aos replays da batida de Nelson Piquet Jr. no GP de Singapura de 2008, foi fácil de concluir que o incidente se tratou de algo premeditado

Engenheiro pessoal de Felipe Massa na controversa temporada de 2008, que terminou com o primeiro título mundial de Lewis Hamilton, Rob Smedley disse que soube de imediato que a batida de Nelson Piquet Jr. no GP de Singapura não havia sido algo acidental. Na ocasião, o brasileiro seguiu plano arquitetado por Flavio Briatore e Pat Symonds, que queriam garantir uma vitória para a Renault — o que aconteceu, com Fernando Alonso aproveitando o safety-car para assegurar o triunfo.

De acordo com Smedley, o fato de o acidente ter sido arquitetado não foi grande mistério. Era possível notar na época. O engenheiro disse que, logo depois de assistir ao replay do incidente, a conclusão sobre o que realmente aconteceu ficou clara.

“Como você bate lá, não tenho ideia”, disse Smedley. “Eu não teria batido, e não ando a mais de 50 km/h. Não tenho ideia de como o jovem Nelson bateu lá. Bem, temos uma ideia de como ele bateu. Assisti ao vivo e fiquei pensando que era estranho”, admitiu.

“Aí, você assiste aos replays e, lá para o terceiro, você pensa: ‘ok, entendo o que aconteceu agora’. É simples de concluir. Foi óbvio logo após o que aconteceu”, apontou.

Falha da Ferrari no pit-stop em Singapura também ajudou a escrever destino de Massa em 2008 (Foto: Ferrari)

Logo depois da batida, a Ferrari chamou Massa — que liderava — aos boxes e errou na parada do brasileiro, deixando a mangueira de combustível acoplada ao carro. Felipe perdeu muito tempo com o erro, terminou fora dos pontos e viu Hamilton, o terceiro, abrir vantagem na luta pelo título mundial.

Smedley garantiu que não havia dúvidas em seu círculo interno de que a batida de Piquet havia sido proposital.

“Depois disso, vêm as ramificações e repercussões, e como você faz justiça. Não acho que ninguém tinha qualquer dúvida, especialmente dentro do meu círculo próximo, na Ferrari e com o pessoal que falávamos no paddock. Olhamos para aquilo e achamos que tinha sido bastante claro o que aconteceu”, finalizou.

Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro, com os testes coletivos da pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.