Ex-F1, Alesi acredita que retorno de Massa como substituto de Bottas na Williams é “uma decisão errada”

Piloto da F1 entre 1989 e 2001, Jean Alesi acha que Felipe Massa comete um erro ao fechar acordo com a Williams para substituir Valtteri Bottas – muito próximo de se mandar para a Mercedes, substituindo Nico Rosberg

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Jean Alesi, grande nome da F1 na década de 1990, tem um pé atrás em relação ao possível retorno de Felipe Massa ao grid da categoria. Depois de anunciar a aposentadoria ao fim de 2016, o brasileiro voltou a considerar a categoria, consequência direta da aposentadoria de Nico Rosberg. Na opinião de Alesi, o retorno de Massa tem tudo para se provar errôneo. 
 
“Francamente, eu acho que seria uma decisão errada. Felipe parou, já virou uma página. E se a Williams não for rápida?”, disse Alesi, em entrevista ao jornal ‘La Gazzetta dello Sport’.
 
Massa, apesar de não ter apresentado o melhor dos desempenhos na temporada 2016, chama atenção da Williams por conta da experiência. Com 14 temporadas sobre seus ombros, o brasileiro é visto como um bom nome para guiar os britânicos em uma temporada de mudanças drásticas no regulamento técnico.
 
O brasileiro já tem contrato com a Williams para 2017. O único entrave agora é Valtteri Bottas – caso o finlandês não feche com a Mercedes, o contrato de Massa passa a ser automaticamente invalidado.
Jean Alesi (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Outra coisa que Alesi não gostou muito foi de ver Rosberg abandonando as pistas após conquistar o título da F1. Apesar de compreender a situação de Nico, Jean diz ter ficado “surpreso e brabo”.
 
“Eu pensei a mesma coisa que o Niki Lauda, fiquei surpreso e brabo. Não conseguia entender a razão de anunciar sua aposentadoria na mesma semana em que você ganhou o título. Mas aí eu pensei no Ayrton Senna, que ele dizia que pilotaria para a Williams de graça, como ele trabalhou duro para fazer isso acontecer. E depois ele morreu. Então talvez Nico simplesmente não estivesse com vontade de seguir correndo”, concluiu.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube