Ex-piloto da Indy, Adrián Fernández vira empresário de Gutiérrez e enfrenta missão difícil: mantê-lo na F1 em 2017

Adrián Fernández, icônico ex-piloto mexicano que fez carreira na Indy e já ocupou também a função de empresário de Sergio Pérez, sendo figura determinante para encaixá-lo na McLaren em 2013, agora é o novo agente da carreira de Esteban Gutiérrez. O ex-piloto da Haas tenta se garantir no grid da próxima temporada da F1

 

Esteban Gutiérrez conta com um novo empresário para ajudá-lo a permanecer no grid do Mundial de F1 na temporada 2017. Depois de fracassar neste ano correndo com a Haas, enquanto seu companheiro de equipe, Romain Grosjean, somou nada menos que 29 pontos, o mexicano de Monterrey foi dispensado da equipe norte-americana para dar lugar a Kevin Magnussen. Sem futuro definido na categoria, Gutiérrez terá ao seu lado ninguém menos que o icônico ex-piloto da Indy Adrián Fernández, que já exerceu a mesma função ao lado de Sergio Pérez na transição de ‘Checo’ da Sauber para a McLaren, entre 2012 e 2013.

 
De certa forma, Gutiérrez vai continuar vinculado a Didier Coton, responsável também pelas carreiras de outros pilotos, como Valtteri Bottas. No entanto, a gestão da carreira de Esteban vai ser comandada a partir de agora por Fernández, com o empresário europeu sendo uma figura de apoio ao staff do mexicano.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Esteban Gutiérrez tem Adrián Fernández como seu empresário para tentar seguir na F1 em 2017(Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
A missão de Fernández é das mais espinhosas. Embora Gutiérrez conte com o apoio maciço das empresas vinculadas ao bilionário Carlos Slim, é fato que o piloto não conta com grande prestígio no paddock. Depois de fazer duas temporadas com a Sauber entre 2013 e 2014 e só marcar pontos em uma prova, o GP do Japão de 2013, Esteban ficou sem lugar no time suíço e foi, com a ajuda providencial de patrocínios mexicanos, alçado ao posto de reserva da Ferrari.
 
Em 2016, Gutiérrez teve uma rara segunda chance, mas não convenceu. Além de ver Grosjean somar pontos e ser um dos bons destaques do ano pela estreante Haas, o latino-americano não tinha o melhor dos climas da equipe, como ele mesmo revelou, chegando a discutir com integrantes do time por conta de problemas em seu carro, além do incidente com seu chefe de equipe, captado pelas câmeras de transmissão do GP do Brasil.
 
“Estou trabalhando junto com Adrián Fernández. Nós sempre estivemos em contato. Entramos em acordo que nós podemos trabalhar mais próximos juntos”, confirmou Esteban em entrevista à revista britânica ‘Autosport’. 
 
“Didier tem sido meu empresário por muitos anos e ele ainda vai estar como orientador. Nós somos bons amigos, conhecemos bem um ao outro por muitos anos e tenho respeito por ele. É uma boa pessoa, é muito direto e eu também sou muito direto, então ele vai continuar na equipe, ainda próximo a nós. Mas, agora, a pessoa que vai comandar tudo é Adrián Fernández, ele é meu manager”, salientou.
Sergio Pérez teve sua carreira gerenciada por Adrián Fernández em 2013, quando correu pela McLaren (Foto: Instagram/Adrián Fernández)
Ao refletir sobre sua jornada neste ano na F1, Gutiérrez é claro ao dizer que poderia ter agido muitas vezes de forma diferente, mas que tudo acaba fazendo parte do seu aprendizado como piloto.
 
“Você sempre pode dizer que poderia ter feito melhor as coisas, é fácil dizer isso depois. Todo meu comprometimento, todo o meu esforço estava lá, mas provavelmente eu teria feito algumas coisas de forma extremamente diferente. Tenho reagido muito rápido a isso, feito algumas mudanças e agora está funcionando muito melhor”, concluiu.
 
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube