Ferrari acha falha aerodinâmica em novo carro após teste: “Pior do que o esperado”

De acordo com o jornalista italiano Leo Turrini e com a revista alemã 'Auto Bild', o ano mal começou na Ferrari e já há um princípio de crise: é o que o novo carro da escuderia teria apresentado problemas no teste de túnel de vento, deixando os membros da equipe decepcionados

O ano oficialmente nem começou na Fórmula 1, mas um princípio de crise já surge na Ferrari. É que, de acordo com informações apuradas na Itália, a escuderia vermelha se decepcionou com as primeiras impressões passadas pelo carro para 2020.

Segundo Leo Turrini, jornalista italiano, e também a revista alemã 'Auto Bild', os primeiros testes da Ferrari com seu novo modelo em túnel de vento não foram os ideais.

Ambos reportam que as impressões iniciais foram "piores do que o esperado". O novo carro está programado para ser apresentado no dia 11 de fevereiro

Charles Leclerc (Foto: AFP)

"O novo carro, que tem o código 671, e que será apresentado no dia 11 de fevereiro, causou impressões negativas nos engenheiros no túnel de vento", afirmou a revista.

"Segundo informações de fontes confiáveis, o carro para a nova temporada da F1 pode ter um problema aerodinâmico muito sério, que nem os simuladores e nem os engenheiros do túnel de vento foram capazes de detectar até o momento."

Já Turrini adicionou outras informações sobre ao caso, afirmando que revelou tal situação para "conter a euforia que surgia entre os fãs da Ferrari, que já viam a equipe ganhando em 2020, mesmo tendo sido dominada pela Mercedes no último ano."

Sebastian Vettel (Foto: AFP)

A Ferrari, em 2019, ficou 235 pontos atrás da Mercedes no Mundial de Construtores: 739 a 504. Entre os pilotos, o time alemão fez a dobradinha com Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, mas os italianos não conseguiram nem o terceiro lugar – posto, este, que ficou com Max Verstappen.

Quarto colocado, Charles Leclerc obteve duas vitórias no ano, em Spa-Francorchamps e em Monza, enquanto Sebastian Vettel, quinto, só venceu em Singapura.

A temporada 2020 da Fórmula 1 começa no dia 15 de março, com o GP da Austrália, em Melbourne.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube